27 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
MEIO AMBIENTE

Operação Verde Brasil 2 completa três meses de atuação na Amazônia

Até o momento, mais de R$ 407,2 milhões foram aplicados em multas e termos de infração

11 agosto 2020 - 18h52
Até o momento, mais de R$ 407,2 milhões foram aplicados em multas e termos de infração
Até o momento, mais de R$ 407,2 milhões foram aplicados em multas e termos de infração - (Foto: Warley de Andrade/Agência Brasil)


A Operação Verde Brasil 2 completa hoje (11) três meses de atuação preventiva e repressiva contra delitos ambientais, direcionada ao desmatamento ilegal e a focos de incêndio na Amazônia Legal.

“Como forma de combater crimes ambientais, desde o início da Verde Brasil 2, integrantes das Forças Armadas, integrados com agentes de órgãos ambientais, executam inspeções navais, terrestres, vistorias e revistas em embarcações, além do combate a focos de incêndio”, informou o Ministério da Defesa.

No domingo (9), segundo a pasta, militares do Comando Conjunto Norte combateram novos focos de incêndio na extensão da Serra Sul, região da Floresta Nacional Carajás, na localidade de Canaã dos Carajás (PA).

Em seguida, o comando prosseguiu com inspeção em rios da Região Amazônica, abrangendo cidades dos estados do Amazonas, do Acre, de Roraima e de Rondônia. As atividades consistiram na abordagem e revista de 126 embarcações, sendo que 19 delas foram autuadas e dez apreendidas.

Ainda de acordo com o ministério, militares apoiaram também ações de fiscalização feitas por agentes do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais (Ibama) e da Força Nacional de Segurança Pública. Eles atuaram contra crimes ambientais e no levantamento de áreas com queimadas na localidade de Querência (MT).

Resultados

Segundo a pasta, desde a deflagração da Operação Verde Brasil 2, em maio, militares e agentes de órgãos parceiros realizaram 20,1 mil inspeções navais e terrestres, vistorias e revistas em embarcações, das quais 458 foram apreendidas.

Nos postos de bloqueio e controle de estradas, foram retidos 177 veículos por irregularidades. Também foi confiscado volume superior a 28,1 mil metros cúbicos de madeira ilegal e 553 máquinas de serraria móvel, tratores, maquinário de mineração, balsas, dragas e acessórios foram apreendidos.

Até o momento, mais de R$ 407,2 milhões foram aplicados em multas e termos de infração.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
GAL COSTA
pmcg ms
TJ MS