22 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Saúde Bucal

Números do programa de saúde bucal em Campo Grande

Ailton Diego Morilhas, vice-presidente do Conselho Federal de Odontologia
Ailton Diego Morilhas, vice-presidente do Conselho Federal de Odontologia - Flávio Paes
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Atualmente, a Prefeitura de Campo Grande por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde oferece atendimento odontológico em todas unidades básicas. A rede possui nove policlínicas odontológicas e dois CEOs (Centros de Especialidades Odontológicas); o serviço atua com 63 equipes do PSF (Programa de Saúde da Família), alcançando mais de 57 mil participações em atividades educativas de saúde, mutirões, plantões noturnos. Além disto, a Coordenadoria de Assistência Odontológica conta com três unidades móveis para atendimento aos alunos dos mais de 90 Centros de Educação Infantil.

De acordo com o coordenador de Odontologia da Secretaria Municipal de Saúde, Gilmar Trevisan, o prêmio é resultado de ações contínuas em saúde bucal que resultaram em mais de um milhão de procedimentos com programas que atendem desde bebês, crianças, adultos, idosos, pessoas com necessidades especiais e gestantes. A valorização dos serviços da odontologia e dos seus profissionais, segundo Trevisan, foi determinante para a atuação do programa de saúde bucal que realizou, no ano passado, mais de 97 mil consultas.

O PRÊMIO - Criado há três anos para divulgar os melhores exemplos de gestão em saúde bucal na esfera municipal, o Prêmio Brasil Sorridente/Conselhos de Odontologia contou em sua nova edição com um número recorde de Estados participantes: 16. Deste universo, a capital do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, foi considerada a melhor na categoria acima de 300 mil habitantes e a cidade mineira de Caratinga, entre aquelas com população até 300 mil.

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
Annelies