25 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Justiça

Negado recurso do MPF para manter anestesistas no HU

8 março 2014 - 10h21
Hospital Universitário
Hospital Universitário - Reprodução / TV Morena
Desembargadores do Tribunal Regional Federal da 3ª Região negaram, por unanimidade, recurso do Ministério Público Federal em Mato Grosso do Sul que tentava impedir a paralisação dos procedimentos de anestesia no Hospital Universiário por parte da Servan Anestesiologia. A decisão foi tomada na quinta-feira.
 
A Procuradoria-Geral da República em São Paulo informou que aguarda o recebimento da sentença para analisar os detalhes e avaliar se recorre ou não da decisão.
 
 
O advogado que representa a Servan, André Borges Netto, informou que os dirigentes da empresa devem se reunir com o Hospital Universitário para tentar um acordo. Se não houver consenso, pode haver paralisação total dos anestesiologistas ou redução do número de profissionais que atendem a unidade.
 
Segundo ele, até que haja decisão sobre o assunto, os médicos da empresa continuam à disposição do hospital. O hospital, por meio da assessoria de imprensa, confirmou a reunião para decidir o que será feito sobre o caso.
Banner Whatsapp Desktop
TJ MS
Banner TCE