26 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Arte

Museu de Arte Contemporânea dá início a sua temporada 2009

Fundação de Cultura - MARCO dá início a programação cultural de 2009
Fundação de Cultura - MARCO dá início a programação cultural de 2009 - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

O Marco (Museu de Arte Contemporânea de Mato Grosso do Sul) inaugura na próxima terça-feira, 31, às 19h30

A 1ª Temporada de Exposições 2009, com quatro mostras: “A Poética das Cores na Pintura de Beto Lima”, “Um Desenho”, de Edson Castro, “O Tabuleiro de Matisse” de Sônia Bacha SB e “Mulher: Luz e Sensualidade” de Daniele Rosa.
Segundo Américo Calheiros, presidente da FCMS, “Esta primeira temporada tem o signo do ecletismo nas produções apresentadas e permite ao público o contato com artistas sul-mato-grossenses que têm como principal marca a ousadia”.

Nesta nova temporada de exposições, o Marco torna disponível para visitação, obras do acervo da família e de amigos do artista plástico Beto Lima. Pintor nascido em 1963 em Campo Mourão, o artista mudou-se para Campo Grande nos anos 80 e faleceu em 2003. Artista viajante, suas telas carregam impressões de suas idas e vindas pela Europa e Brasil. “A Poética das Cores na Pintura de Beto Lima”, contempla diversas fases do artista entre elas às das bicicletas, flores, cantoras e gatos.

Na série de fotografias digitais, “Mulher: Luz e Sensualidade”, Daniele Rosa, graduada pelo curso de Artes Visuais da UFMS (2008), mostra todo o seu aprimoramento técnico e artístico no manuseio de uma máquina fotográfica. Através do seu olhar sensível, a artista revela o corpo feminino, não como objeto de desejo, mas em sua delicadeza natural e sensualidade que envolverá o espectador.

Arte, internet, família, desejo, memória, identidade, política e notícias são os ingredientes, segundo a cineasta e artista visual Sônia Bacha SB, que comporá a narrativa poética em dez pranchas e com a exibição ininterrupta em curta metragem, na mostra “O Tabuleiro de Matisse”. Sônia busca revelar um testemunho da percepção cotidiana. 

Na mostra “Um Desenho” do artista plástico Edson Castro, será exposto somente um desenho contínuo, elaborado com piche sobre tubox, que ocupará toda a dimensão da sala. A primeira temporada estará aberta à visitação de terça a sexta das 12 às 18 horas. Sábado, domingo e feriado das 14h às 18h. O Museu de Arte Contemporânea que fica na Rua Antônio Maria Coelho, nº 6000, no Parque das Nações Indígenas. Outras informações (67) 3326-7449.

Banner Whatsapp Desktop
AL MS
PMCG