29 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ALERTA

Mulheres na pós-menopausa têm mais risco de evoluir para quadro grave de covid-19

O índice previsto foi mais baixo no grupo das mulheres que faziam uso de pílula, entre 18 e 45 anos

5 agosto 2020 - 17h55
Os dados foram coletados entre 7 de maio e 15 de junho
Os dados foram coletados entre 7 de maio e 15 de junho - (Foto: Reprodução)
O FLOR DA MATA - NOTICIAS

Um estudo liderado pelo King's College London, no Reino Unido, mostrou que mulheres na pós-menopausa correm mais risco de evoluir para a forma grave do novo coronavírus. Segundo a pesquisa, realizada com quase 600 mil mulheres, altos níveis do hormônio sexual feminino estrogênio podem ter um efeito protetor contra a doença. O estudo, publicado no site medRxiv, ainda não foi revisado por pares.

Por meio de um aplicativo chamado Covid Symptom Study, os pesquisadores analisaram a taxa de infecção pelo vírus prevista em três grupos: mulheres na pós-menopausa, mulheres na pré-menopausa que estavam utilizando pílula anticoncepcional oral combinada e mulheres na pós-menopausa que faziam uso de terapia de reposição hormonal. Os dados foram coletados entre 7 de maio e 15 de junho.

A taxa de covid-19 prevista com complicações graves foi mais alta entre as mulheres na pós-menopausa, na faixa etária de 45 a 50 anos, que relataram sintomas de perda de olfato, febre e tosse persistente, além de necessidade de tratamento com oxigênio.

O índice previsto foi mais baixo no grupo das mulheres que faziam uso de pílula, entre 18 e 45 anos. Elas apresentaram frequência menor de episódios de tosse persistente, delírios, perda de olfato, falta de apetite, fadiga e dor severas. A taxa de hospitalização também foi menor.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já sabe em quem votar para prefeito de seu município?

Votar
Resultados
TJ MS INTERNO
pmcg ms
TJ MS