28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
gastronomia

Mercado de comida pronta leva cliente a aposentar o fogão

O empresário do setor gastronômico Valmir Guarinão e o cheff de cozinha Jean C harles Quenelle
O empresário do setor gastronômico Valmir Guarinão e o cheff de cozinha Jean C harles Quenelle - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Imagine a praticidade de ter à mesa um belo almoço de domingo ou jantar, com sabor de boa comida caseira, sem precisar ficar horas e horas cozinhando.

Sem dúvida, esse é o sonho da maioria das pessoas na hora de receber visitas ou simplesmente quando chega em casa faminto. E, como há uma grande diferença entre gostar de comer bem e pilotar um fogão, a solução está no mercado de comida pronta, um segmento cada vez mais forte no Brasil.

De acordo com a empresa paulista ECD Consultoria em Food Service, no Brasil o mercado de comida pronta cresceu duas vezes e meia nos últimos 10 anos, e os brasileiros gastam cerca de R$ 70 bilhões por ano com a alimentação preparada fora de casa, seguindo a tendência dos EUA, onde o setor também está em franca expansão.  Mas, por que tanta gente resolveu aposentar o fogão? A resposta é simples: depois de um dia estafante de trabalho, homens e mulheres (elas cada vez mais presentes no mercado de trabalho), encarando trânsito ou ônibus lotado, chegam em casa cansados querendo distração e não labuta com panelas.

Em Campo Grande já existe um comércio que oferece esses diferenciais. É o caso do Beni Vitto, empreendimento lançado em maio de 2008 com três linhas de atendimento: o sistema de rotisseria, em que o cliente compra a comida e leva para o consumo no seu próprio domicílio, fornecimento de refeições coletivas, destinado a atender empresas, e restaurante a quilo. 

“O Beni Vitto nasceu com a disposição do grupo Comper no sentido de investir no segmento de comida pronta. No início as operações se concentraram na loja Comper Tamandaré, depois passamos a atender também nas lojas Zahran, Barão e Hipercenter Jardim dos Estados. No Hipercenter oferecemos um serviço diferenciado que é a preparação de pizzas de alto padrão de qualidade montadas e assadas na hora”, disse Valmir Guarinão, um dos sócios da empresa que se junta ao Meat Bar Restaurante e ao Bar Tábua Original, ambos há vários anos no mercado gastronômico de Campo Grande. 

Com o número de clientes em busca de praticidade e da versatilidade dos seus pratos crescendo a cada dia, a Beni Vitto já iniciou o ano de 2009 com algumas novidades, como a inauguração da sua primeira loja de venda própria no dia 14 de janeiro no Shopping Pátio Central, no centro de Campo Grande. 

“No Pátio Central atendemos nossos clientes com comida a quilo, mantendo o nosso lema de oferecer comida com qualidade ao menor preço possível e sem desperdício, conforme exige o mundo moderno”, afirmou Valmir.

No almoço é grande a movimentação de clientes, que, por R$ 1,89 cada 100 gramas fazem suas refeições num local agradável, com qualidade de grandes centros. São servidos diversos tipos de saladas, além de carnes, massas e grelhados. A sobremesa é uma cortesia da casa.  Aos clientes assíduos, o cadastro ao CCP (Cartão Cliente Premium), possibilita grande economia e muitos privilégios, entre eles, a cada 10 refeições ou lanches, 01 é de graça.

Sanduíches tradicionalíssimos
Uma linha de produtos que vem chamando a atenção dos freqüentadores do Beni Vitto do Pátio Central é a série de sanduíches tradicionalíssimos.

Quem olha o cardápio se surpreende com a oportunidade de poder encontrar em um só lugar o sanduíche de mortadela ceratti do Mercadão de São Paulo, o delicioso recheio de pernil suíno do Bar Estadão e do Bar Sujinho, ambos também paulistanos, sem falar nas deliciosas iguarias feitas de lingüiça especial fatiada com queijo delicioso antes só encontradas no famoso Bar Café do Feirante, de Marília (SP), e do delicioso “Churipan”, um sanduíche feito com lingüiça toscana e vinagrete muito procurado nas praias de Santa Catarina. Já está com água na boca? Então experimente o sanduíche “Estivador”, feito de filé mignon e queijo. Tudo isso acompanhado por um delicioso chopp Brahma, uma exclusividade da casa.

Produção própria - Com produção própria de massas em sua cozinha industrial a partir de processo manual e automatizado, a Beni Vitto já registra um número cada vez maior de clientes ao oferecer uma grande variedade gastronômica.

“Em nossas massas utilizamos sempre uma das principais referencias em farinha de trigo no momento, a Moinho Nacional, de Assis, interior de São Paulo, que, em seu processo de fabricação utiliza os melhores e mais corretos processos de tecnologia e grande investimento no melhoramento constante das sementes até a transformação dos grãos nas melhores farinhas”, comentou Guarinão.

Além dos produtos lançados, outra novidade do Beni Vitto este ano é o cheff Jean Charles Quenelle, um dos mais renomados cheffs da cozinha francesa, que antes comandava o “Esse” Restaurante. Com muita experiência ele assina e acompanha de perto a elaboração das receitas.

 

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
ALMS