05 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Internacional

Mãe de douradense que morreu na Espanha revela sonho da filha

17 janeiro 2014 - 11h41
Nada oficial foi divulgado sobre a morte
Nada oficial foi divulgado sobre a morte - Reprodução / Facebook
Cassems
A cozinheira, Eva de Souza, de 43 anos, moradora em Dourados, mãe de Patrícia, disse ao Dourados News que a filha voltaria para o Brasil em junho deste ano, e o seu sonho era montar uma loja de roupas. “Depois de oito anos que ela foi para a Espanha iria voltar em junho para ver a Copa do Mundo e visitar a família, mas aconteceu este assassinato com a minha filha, não acredito!”, disse a mãe chorando.
 
Patrícia trabalhava como babá cuidando de duas crianças, “ela foi para lá para juntar dinheiro”, lembrou a mãe. A família acredita que o homem que namorava a jovem - há oito meses - tenha cometido o crime.
 
A mãe soube do crime por meio de sua irmã que mora em Campo Grande, “um amigo da minha filha notou a falta dela e foi até o apartamento, lá a encontrou morta com uma facada nas costas, então avisou minha irmã na Capital e ela me comunicou”, disse.
 
A família está a procura de pessoas que possam contribuir com doações, pois o valor do translado do corpo para o Brasil é de R$ 20 mil. “Queremos trazer ela para ser enterrada aqui, mas não tenho um centavo para isso, preciso de ajuda!"
 
O consulado brasileiro não pode ajudar, pois não tem recursos 
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE