28 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Regional

Lontra reabilitada é levada ao Cras de Campo Grande

12 fevereiro 2014 - 13h17
Animal alimenta-se de peixes
Animal alimenta-se de peixes - Divulgação
Uma lontra da espécie Lontra longicaudis, resgatada no distrito de Piraputanga, em Aquidauana, foi levada na terça-feira ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (Cras) em Campo Grande. Encontrada há pouco mais de um mês, com mais dois filhotes da mesma espécie, foram resgatadas por uma família da comunidade ribeirinha e  receberam assistência da equipe do Projeto Lontra, do Instituto Ekko Brasil (IEB).
 
O Projeto Lontra tem patrocínio da Petrobras, por meio do Programa Petrobras Ambiental, e desde 1986 trabalha com pesquisa e conservação da lontra neotropical.
 
Duas foram encontradas feridas e debilitadas em 2013, e receberam em Aquidauana assistência da equipe do projeto. Uma veio a óbito em consequência de lesões no corpo, e outra recebeu a assistência e foi levada ao Cras em Campo Grande no final do ano passado.
 
Segundo a presidente do Instituto Ekko Brasil, Alesandra Bez Birolo, a saúde dos animais está excelente, mas dificilmente poderão ser reintroduzidas à natureza. “A reintrodução é difícil pois são animais órfãos, dependentes maternos. Agora a expectativa é que eles, o quanto antes, possam ser reintroduzidas nas áreas de soltura do Cras”, completa Alesandra.
 
Projeto Lontra em MS
 
Instalada em Aquidauana desde abril de 2013, a equipe do Projeto Lontra desenvolve em sua base atividades de pesquisa com o levantamento do número de lontras e ariranhas na região, mobilização social com as autoridades, parceiros e universidades locais, além de atividades de educação ambiental com escolas e população da região.
 
Instituto Ekko Brasil
 
Criado em 2004, em Santa Catarina, o Instituto Ekko Brasil é uma organização não governamental cujo objetivo é coordenar e apoiar projetos que tenham como foco a conservação da biodiversidade e o turismo de conservação. Para alcançar sua missão, o IEB atua através da pesquisa e da mobilização social, como forma de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das comunidades, deixando um legado positivo às gerações futuras. 
 
A abrangência do IEB é nacional, atuando biomas como Amazônia, Mata Atlântica e Pantanal.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE
TJ MS