01 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Negócios

Internet é opção para quem quer economizar na compra do material escolar

15 janeiro 2014 - 12h07
Nesta época do ano, além das preocupações com impostos e contas para pagar, ainda tem mais um gasto para se somar: a compra do material escolar. Para quem tem filhos, o material didático é uma despesa obrigatória no mês de janeiro. As escolas costumam enviar as listas de livros e de outros materiais, como cadernos, cola, tesoura, borracha. Há famílias que pegam a lista, vão até uma livraria ou papelaria e compram tudo ali mesmo. Mas o que muitos pais não sabem é que a compra do material nem sempre precisa representar um rombo no orçamento familiar. Na internet, é possível conseguir valores bem abaixo do mercado e acessíveis.
 
Muitas lojas virtuais vendem materiais escolares com várias formas de pagamento e entrega a domicilio, trazendo conforto e comodidade. Além disso, comprando pela internet, os pais evitam lojas cheias, filas imensas e o tradicional choro das crianças pela escolha do desenho. A nutricionista Karla Grasielle comprou o material da filha Gabriela, de seis anos, pela internet. Ela conta que a opção foi por falta de tempo. ‘’No ano passado pesquisei em três lojas diferentes para fazer a compra, esse ano consultei os preços na internet, foi rápido e prático’’, explica. ‘’Ainda vou ter o conforto de receber a mercadoria na minha casa’’, completa.
 
Na internet, é possível encontrar lojas que vendem todos os tipos de materiais pedidos pela escola com preços ótimos para pacotes completos, além de possuírem as marcas mais famosas entre a criançada. ‘’Consegui comprar tudo o que precisava. Ano que vem vou continuar fazendo a compra do material dessa forma, pois economizo dinheiro e tempo’’, justifica Karla.
 
A psicóloga Inae Alvarenga é mãe do Pedro, de 14 anos e da Júlia, de 13 anos. Desde o ano passado ela compra livros escolares pela internet. Ela conta que escolheu esse método por causa do menor preço. ‘’Esse é o segundo ano que faço opção pela compra online. No último ano gostei muito e esse ano já fiz as encomendas’’, argumenta.
 
De acordo com Gustavo Gorenstein, dono do site de vendas Poup, o consumidor precisa ficar atento à página em que vai realizar as compras. ‘’Muitos portais não são confiáveis. É preciso conferir a certificação para não acabar no prejuízo’’, alerta.
 
Segundo Gustavo, no Poup a pessoa encontra diversas opções de papelarias para realizar as compras, com as lojas Americanas, Saraiva e Livraria Cultura. ''Pela plataforma, além de comprar barato, a pessoa recebe uma porcentagem do dinheiro de volta. Assim, economiza duas vezes'', explica.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE