28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campanha Bonito Seguro - Fase 2
Fiscalização

Inmetro reprova mais de 1,4 mil brinquedos e "pisca-piscas" na Operação Natalina

8 dezembro 2009 - 09h19
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  A Operação Natalina da Agência Estadual de Metrologia (AEM/MS) – órgão delegado do Inmetro – visitou 16 estabelecimentos em Campo Grande para verificar as conformidades dos produtos típicos desta época que estão disponíveis no comércio.

 Outro foco da ação da AEM eram as luminárias de natal, os populares “pisca-piscas”. Foram fiscalizadas 2.028 unidades, sendo 572 reprovadas por não conterem o selo do Inmetro que comprova a segurança do produto. Os produtos elétricos sem certificação podem causar problemas como choques elétricos, curtos circuitos e até incêndios.

 Com esta ação a AEM quer garantir que os produtos à venda, estejam de acordo com os padrões exigidos pelo Inmetro, evitando a comercialização de artigos irregulares que possam colocar em risco a segurança dos consumidores.

Dicas

 Os plugues e tomadas tem que conter a tensão indicada em volt (V), a corrente em ampère (A), além do nome, marca ou logo do fabricante. Não devem ainda conter material ferroso. Na embalagem, obrigatoriamente deverá constar tanto a tensão em (V), a potência máxima em Watt (W), como o nome, marca ou logo do fabricante.

 No caso dos brinquedos, primeiramente o consumidor deve procurar lojas legalmente constituídas e verificar se os produtos possuem o selo de conformidade do Inmetro. Além disso, devem exigir sempre a nota fiscal, que é a garantia em caso de acidente ou defeito do brinquedo. O selo de conformidade garante adequado grau de confiança de que determinado produto atende aos requisitos definidos em normas ou regulamentos técnicos.

 Brinquedos não certificados podem ter sido fabricados com tintas e materiais tóxicos que podem colocar em risco a saúde e até mesmo a vida das crianças. Mais do que o selo do Inmetro, a embalagem deve conter também todas as informações sobre o produto - como a faixa etária a que o brinquedo se destina, dados do fabricante e advertências sobre eventuais riscos à saúde da criança.

 Os consumidores que quiserem denunciar produtos irregulares sem o selo de conformidade do Inmetro, ou tirar duvidas e buscar informações, podem entrar em contato com a ouvidoria da AEM, através do telefone 0800-675220.

Banner Whatsapp Desktop
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
PMCG