28 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
INTERNACIONAL

Fendt: Queremos submeter acordo Mercosul/UE a parlamentos no 1º semestre de 2021

O comentário foi feito pelo secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Roberto Fendt

29 setembro 2020 - 18h41
Fachada do Ministério da Economia, em Brasília
Fachada do Ministério da Economia, em Brasília - (José Cruz/Agência Brasil)
Fort  Atacadista - 21 ANOS

O secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Roberto Fendt, disse nesta terça-feira, 29, acreditar que o componente comercial do acordo entre o Mercosul e a União Europeia pode ser votado pelos parlamentos de todos os países envolvidos já no primeiro semestre de 2021.

"Estou muito confiante que parte comercial de acordo Mercosul-EU será rapidamente ratificada. Queremos submeter o componente comercial aos parlamentos daqui e de lá no primeiro semestre de 2021. Se acordo não fosse benéfico para os europeus, ele não teriam assinado", afirmou, na videoconferência "Os Grandes Desafios do Comércio Exterior Brasileiro", organizada pelo Instituto Besc de Humanidades e Economia.

Já os componentes ambientais do acordo entre os dois blocos econômicos, admitiu o secretário, podem ter mais resistências. "Cuidar do meio ambiente é uma questão do nosso interesse. Se tirar a floresta amazônica, muda-se regime de chuvas em todo o País e isso não nos interessa. Mas também não podemos levar lição de moral de países que destruíram suas florestas e mataram índios. Sabemos que interesses protecionistas em todo o mundo usam meio ambiente contra acordos (comerciais)", completou.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
MS Digital