02 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Dourados

Cassems terá em Dourados modernos aparelhos de diagnósticos e hemodiálise

18 fevereiro 2014 - 07h41
Políticos durante inauguração
Políticos durante inauguração - Divulgação
Na noite de sexta-feira, a Caixa de Assistência dos Servidores de Mato Grosso do Sul (Cassems) inaugurou o Centro de Diagnóstico e serviço de hemodiálise que passam a funcionar no Hospital Cassems de Dourados. O hospital foi o primeiro da Rede Própria construído pela Caixa dos Servidores e, hoje, com os novos serviços, promove uma imensa melhoria na Saúde, não só do município, mas também de toda a região.
 
Durante a cerimônia de inauguração, o responsável pelo serviço de hemodiálise, o nefrologista Antônio Pedro Bitencourt, salientou a preocupação tanto da Caixa dos Servidores quanto dos parceiros em oferecer um atendimento humanizado para a população douradense.
 
O deputado estadual Laerte Tetila considerou os novos serviços um grande ganho, não só para os servidores públicos, mas para toda população da Grande Dourados. Já o deputado estadual Lauro Davi lembrou da luta e trajetória da Caixa dos Servidores, do processo de estruturação e do momento em que a Cassems ousou e adquiriu o primeiro hospital da Rede. “Inaugurar mais uma etapa do Hospital de Dourados é a certeza da competência na administração de toda a equipe Cassems e de que estamos no caminho certo, a nossa luta agora é pela qualidade da saúde."
 
O secretário de Saúde do município, Sebastião Nogueira Farias, disse que desde que a Cassems chegou a Dourados, vem transformando a Saúde. “A Medicina daqui é significativa e importante porque não perde em nada para os grandes centros e, com certeza, a Cassems contribui significativamente para isto”." Na oportunidade, o secretário lançou um desafio, de a Caixa ousar mais uma vez e compor a central de transplante de órgãos.
 
Em sua fala, o presidente Ricardo Ayache disse que trabalhar com saúde é um grande desafio, mas que deve ser enfrentado para proporcionar mais qualidade de vida para quase 180 mil vidas. Para ele, ao longo dos seus quase 13 anos, a Cassems tem uma característica muito marcante, que é a participação fundamental dos servidores públicos, que participam democraticamente da rotina de trabalho da Caixa dos Servidores.
 
“Essa participação tem valor incalculável para os passos que temos caminhado, não seria possível chegar até aqui se não tivéssemos o apoio, confiança e a participação dos seus usuários", falou. "Temos avançado muito, mas com bastante perspicácia, cautela e humildade, e optamos sempre em dialogar com cada sindicalista, servidor e representantes das categorias; saúde é investimento para a vida e não despesa.”
 
O senador Delcídio do Amaral falou da relevância do Centro de Diagnósticos para o município, dos novos serviços, mas destacou a importância do serviço de hemodiálise, a necessidade de descentralizar a Saúde no Estado, proporcionando qualidade e conforto para a população do interior. “A Saúde é o maior desafio que Mato Grosso do Sul enfrenta, não só de urgência e emergência, mas também a saúde preventiva, e a Cassems é uma experiência ímpar no País, uma instituição criada para valorizar os servidores públicos que é hoje referência no Brasil”, destacou.
 
Estrutura
 
O Centro de Diagnóstico, que ocupará uma área com cerca de 500 m², é uma parceria entre a Cassems e as empresas MS Diagnóstico, Laboratório Mansur e RAF Serviços Médicos. De acordo com o diretor de Unidades Hospitalar da Caixa dos Servidores, Flávio Stival, além do amplo espaço, o Centro de Diagnóstico vai oferecer conforto, segurança e uma gama de serviços.  
 
“Além de disponibilizar um leque de procedimentos, o Centro de Diagnóstico vai trazer facilidade e comodidade aos nossos beneficiários. Cerca de 30 funcionários, muito bem treinados, darão esse suporte que, além de aumentar a capacidade do atendimento, trará mais qualidade aos serviços prestados”, explica Stival.
 
De acordo com o responsável pelo Centro de Diagnóstico, Dr. Vander Caetano Vieira, os novos serviços vão facilitar a vida de todos. “A vinda desses procedimentos para Dourados possibilitará a economia de materiais e, principalmente, economia de tempo para os pacientes", conta. "Estamos trazendo uma estrutura de última geração, de alta complexidade e que vai melhorar muito a qualidade do atendimento e o acesso à Saúde, não só do município, mas de toda a região.”
 
O presidente da Cassems, Ricardo Ayache, acredita que a inauguração desses novos serviços em Dourados, além de cumprir a missão da Cassems definida em estatuto, também segue a linha adotada pela Caixa dos Servidores referente à interiorização do atendimento.
 
“Quando a Cassems foi criada, nós servidores definimos em estatuto que a nossa missão é oferecer aos servidores públicos de Mato Grosso do Sul a melhor assistência à Saúde por meio de ações preventivas e terapêuticas que unem tecnologia à humanização do atendimento", afirma. "Além disso, levando esses serviços para o interior, nós continuamos apostando na interiorização do atendimento, ou seja, investindo procedimentos de ponta à população que não tem acesso a esse tipo de serviço.”
 
Hemodiálise
 
Também situado no Hospital Cassems do município, o serviço de hemodiálise funcionará 24 horas e também estará apto a fazer dois tipos de diálises peritoneais: a Diálise Peritoneal Ambulatorial Contínua (CAPD, na sigla em inglês) e a diáliseHome Choice. O espaço, com cerca de 300 m², além dos pontos de hemodiálise, terá a disposição dos beneficiários técnico de enfermagem, assistente social, enfermeiro, nutricionista, fisioterapeuta e uma estrutura de última geração.
 
Segundo o diretor de Unidades Hospitalares, o grande propósito do serviço de hemodiálise oferecido no Hospital Cassems de Dourados é humanizar o atendimento com um acolhimento diferenciado aos usuários.
 
“O espaço foi todo reformado dentro das exigências dos órgãos reguladores e equipado com equipamentos de última geração, como as máquinas de hemodiálise e o tratamento de filtragem da água em 100%, garantindo uma água pura e sem a mínima chance de contaminação", explica Stival. "Agora, o grande diferencial é que cada paciente que usar o serviço de hemodiálise no hospital terá um tablet para se distrair enquanto acontece o processo; nós sabemos que é um procedimento difícil para quem o usa, por isso, o nosso objetivo é acolhê-lo da melhor forma possível, a fim de diminuir o sofrimento deles.”
 
A disponibilização da diálise peritoneal Home Choice cumpre o propósito de acolher da melhor maneira possível o doente renal crônico. Para o responsável pelo serviço de hemodiálise, o nefrologista Antônio Pedro Bitencourt, esse serviço vai trazer uma melhora significativa para os doentes renais crônicos de Dourados.
 
“Há alguns pacientes que não podem se deslocar até o hospital, então, com o Home Choice eles podem realizar o procedimento na sua casa com a mesma segurança se estivesse no hospital", explica Bitencourt. "O paciente recebe o equipamento e faz todo o tratamento no seu próprio domicílio, precisando vir ao hospital apenas uma vez por mês.”
 
O nefrologista ainda salienta o ganho que toda a Grande Dourados vai receber com a vinda desse serviço para a região. “Hoje, grande parte dos pacientes renais crônicos da nossa região não tem como fazer a hemodiálise", comenta. "Com o oferecimento dos nossos serviços, vamos beneficiar toda a Grande Dourados, e o hospital vai ser a casa do renal crônico em Dourados.”
 
A cerimônia de inauguração contou com a presença de inúmeros beneficiários de toda região da Grande Dourados. Compareceram também o vice-presidente da Cassems, Ademir Cerri, diretores, membros dos conselhos Administrativo e Fiscal, sindicalistas, autoridades municipais e estaduais, como o senador Delcídio do Amaral, os deputados estaduais Lauro Davi e Laerte Tetila, o secretário de Saúde de Dourados, Sebastião Nogueira de Farias. Participaram da cerimônia o responsável pelo Centro de Diagnóstico, Dr. Vander Caetano Vieira e o responsável pelo serviço de hemodiálise, o nefrologista Antônio Pedro Bitencourt.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE