02 de março de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Campo Grande

Campo Grande terá os bloqueadores nos presídios ativados

13 janeiro 2014 - 09h15
Os bloqueadores de telefone celular deverão ser realidade neste ano. O sistema é a aposta do governo do Estado para reduzir os índices de roubos, furtos, tráfico de entorpecentes e homicídios – crimes de mando dos presidiários para os soldados recrutados do lado de fora das unidades penais. A informação consta na reportagem da jornalista Michelle Rossi, do Correio do Estado.
 
O secretário de Justiça e de Segurança Pública do Estado, Wantuir Jacini, prepara o projeto há pelo menos dois anos, quando mandou retirar uma torre de celular que ironicamente estava localizada a menos de 10 metros do muro do Complexo Penitenciário da Capital, unidade com a maior concentração de massa carcerária, com cerca de cinco mil dos 11 mil presos do Estado.
 
“O processo deve ser cuidadoso e efetivo, por isso as etapas são longas. Também não queremos que os presos tenham notícias sobre a instalação desses bloqueadores, por isso preferimos não divulgar muitos detalhes sobre o projeto”, explicou o secretário.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE