23 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Cinema

“Cabeça a Prêmio” começa ser rodado em Corumbá

Reprodução
Fort  Atacadista - 21 ANOS

Depois de passar por Campo Grande, “Cabeça a Prêmio” começa a ser rodado em Corumbá. Na cidade branca, o desafio para o diretor do longa-metragem, Marco Ricca, é retratar a miscigenação do povo corumbaense.

Os trabalhos começaram ontem e contam com uma equipe de 55 pessoas. Três atores da cidade integram o elenco: Rubem Dario, Bianca Machado e Salim Haqzan.

Segundo a produção, Corumbá foi escolhido para fazer parte do roteiro por conta de suas belezas naturais e heranças históricas que são vistas nos casarios e nas ruas de paralelepípedos. “Assim como nos outros municípios, a prefeitura de Corumbá foi absolutamente receptiva em relação ao projeto desde o primeiro momento. Recebemos apoio de infra-estrutura e logística desde a fase de visitas para avaliar possíveis locações, são atitudes como essa que possibilita a gravação do filme no Estado”, destaca a produtora executiva do filme, Camila Groch.

Sinopse

“Cabeça a Prêmio” retrata um amor impossível entre uma moça rica e um piloto de avião: Elaine e Denis. A história tem como pano de fundo as tradições e costumes rurais em um ambiente de pessoas ricas, mas com muitos negócios ilícitos.

Partes do filme também serão filmadas nos municípios de Sidrolândia, Bonito, Paulínia (SP) e na Bolívia. “Corumbá servirá de locação para o filme durante a fuga do casal. Vão ser retratadas as famílias ribeirinhas, a relação com o país vizinho, a Bolívia, e a miscigenação das raças”, explica o diretor.

Banner Whatsapp Desktop
Annelies
ALMS