18 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ESPORTE

Wawrinka bate Monfils e vai às quartas em Paris; Nishikori vence e pegará Murray

5 junho 2017 - 12h22

Campeão de Roland Garros em 2015, Stan Wawrinka se garantiu nas quartas de final desta edição do Grand Slam realizado em Paris ao vencer o francês Gael Monfils por 3 sets a 0, com parciais de 7/5, 7/6 (9/7) e 6/2, nesta segunda-feira, após 2h43min de confronto.

Com o triunfo, o tenista suíço confirmou a sua condição de terceiro cabeça de chave na capital francesa e se credenciou para enfrentar na próxima fase o croata Marin Cilic, sétimo pré-classificado, que em outro duelo do dia contou com a desistência do sul-africano Kevin Anderson, por motivo de lesão, quando vencia o segundo set por 3/0. Antes disso, Cilic havia vencido a primeira parcial por 6/3.

Hoje terceiro tenista do ranking mundial, Wawrinka não enfrentava Monfils, atual 16º da ATP, desde 2011, quando superou o francês no Aberto da Austrália no último confronto entre os dois. E esta foi a terceira vitória do suíço em cinco duelos com o adversário, que anteriormente levou a melhor sobre o compatriota de Roger Federer nos torneios de Tóquio de 2009 e de Valência de 2010, depois de o suíço ter passado pelo rival no distante ATP de New Haven de 2007 no primeiro embate entre os dois.

E os dois primeiros sets do jogo entre os dois velhos conhecidos foram bem equilibrados nesta segunda-feira. Na parcial inicial, o francês chegou a quebrar o saque de Wawrinka por uma vez, mas o favorito converteu os dois break points cedidos pelo tenista da casa para abrir vantagem com um 7/5.

No segundo set, cada um dos jogadores converteu um break point e a disputa foi ao tie-break, no qual o suíço levou a melhor novamente ao vencer pelo apertado placar de 9/7.

Assim, Wawrinka colocou ainda mais pressão sobre Monfils, que acabou sucumbindo ao sofrer mais duas quebras de saque nas duas únicas chances do suíço no terceiro set, no qual o número 3 do mundo ainda confirmou todos os seus serviços para fazer 6/2 e liquidar o confronto.

NISHIKORI DE VIRADA - Em outra partida já encerrada pela chave de simples masculina nesta segunda-feira, o japonês Kei Nishikori, oitavo pré-classificado, tomou um susto ao levar um "pneu" (6/0) no primeiro set do duelo diante do espanhol Fernando Verdasco. Porém, o tenista oriental reagiu para vencer por 3 sets a 1 ao ganhar ao parciais seguintes por 6/4, 6/4 e 6/0, devolvendo assim o placar surpreendente que o veterano adversário de 33 anos, hoje 37º do ranking mundial, conseguiu.

Desta forma, Nishikori também se classificou para as quartas de final e se credenciou para encarar o britânico Andy Murray, líder do ranking mundial, que horas mais cedo abriu a programação do torneio de simples masculino em Paris superando o russo Karen Khachanov por 3 sets a 0, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/4.

Neste embate que valerá vaga nas semifinais, Murray defenderá uma vantagem no retrospecto de oito vitórias em dez partidas entre os dois. Na última vez que se enfrentaram em um torneio de Grand Slam, porém, o japonês triunfou em partida válida pelas quartas de final do US Open, no ano passado, em Nova York. Ao término da temporada, entretanto, o número 1 do mundo deu o troco no rival na primeira fase do ATP Finals, em Londres.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Considerando a pandemia do novo coronavírus, você acha que o TSE deveria ter editado resolução e tornado o voto não obrigatório este ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Carne Fresca (interno)
pmcg ms
TJ MS