27 de fevereiro de 2021 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Esporte

Fluminense estreia no Carioca contra o Madureira

18 janeiro 2014 - 16h11
Arquivo
Madureira e Fluminense dão o pontapé inicial para o Campeonato Carioca de 2014, em confronto marcado para acontecer neste sábado (18), às 17h, em no estádio Moça Bonita, em Bangu. A partida terá transmissão ao vivo da Rádio Nacional do Rio de Janeiro a partir das 16h. Carlos Borges narra o jogo, que terá comentários de Jorge Ramos e reportagem de Rafael Monteiro. 
 
Depois da polêmica envolvendo o rebaixamento para a Série B no ano passado – que segue indefinido por conta de disputas na Justiça Comum –, o Fluminense tratou de se reforçar para evitar mais um ano na parte de baixo da tabela. Para isso, o tricolor repatriou o ídolo Conca e trouxe o atacante Walter, destaque com a camisa do Goiás em 2013. Outro reforço foi o meia-atacante Chiquinho, que defendeu a Ponte Preta na temporada passada.
 
Houve mudança também no comando técnico: saiu Dorival Júnior, que treinou o time na reta final do campeonato nacional e chegou Renato Gaúcho, que inicia neste sábado sua segunda passagem pelo Flu. Em 2007, o comandante liderou o time até a conquista da Copa do Brasil e ao vice-campeonato da Libertadores. Além disso, o clube liberou seis atletas: os zagueiros Anderson e Digão, o volante Edinho e os atacantes Samuel, Rhayner e Marcelinho.
 
Para a estreia, Renato Gaúcho não deverá escalar Fred e Carlinhos, que ainda se recuperam de lesões sofridas na temporada passada. Walter ainda foca na preparação física antes de entrar em campo com a camisa tricolor pela primeira vez. Por outro lado, Michael, que estava suspenso do futebol depois de ter flagrado no exame antidoping por uso de cocaína, teve sua pena reduzida pelo tribunal desportivo e está autorizado a voltar aos gramados. O atacante deve ser titular do Fluminense neste sábado. O provável time do Fluminense é: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Gum, Leandro Euzébio e Ronan; William, Jean, Wágner, Conca e Rafael Sóbis; Michael.
 
O Madureira, que neste ano completa cem anos de existência, quer apagar o quase descenso para a última divisão do futebol brasileiro. O técnico é Antônio Carlos Roy, que esteve à frente do clube na campanha do vice-campeonato da Série D de 2010. Em pré-temporada desde dezembro, o clube trouxe 16 novos jogadores para seu plantel.
 
Uma das preocupações do time é a sequência de jogos, já que, nos próximos oito dias, o Madura tem quatro jogos pela frente: joga contra o Fluminense no sábado, na terça contra o Boavista, na quinta contra o Boavista e no domingo contra o Macaé. A escalação do Tricolor Suburbano deve ser: Jonathan; Sagaz, Daniel, Leozão e Luiz Paulo; Heitor, Gabriel, Bruno Tiago e Tiago Barreiros; Allan e Robert.
 
Quem apita a partida é o árbitro Rodrigo Nunes de Sá, auxiliado por Rodrigo Pereira Joia e Jackson Lourenço Massarra dos Santos.
Banner Whatsapp Desktop
Banner TCE
TJ MS