13 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
ECONOMIA

Maia defende reforma, mas diz que não há espaço para imposto cumulativo

Atualmente, existem três propostas em tramitação no Parlamento, uma da Câmara, uma no Senado e outra enviada pelo governo federal

31 julho 2020 - 13h15
Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Rodrigo Maia (DEM-RJ) - (Foto: Michel Jesus/Agência Câmara)
FAMASUL - SENAR

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), defendeu nesta sexta-feira, 31, a necessidade de discussão e aprovação da reforma tributária no País. Atualmente, existem três propostas em tramitação no Parlamento, uma da Câmara, uma no Senado e outra enviada pelo governo federal.

Em almoço organizado pelo Lide, Maia citou que o governo federal tem R$ 450 bilhões de subsídios e que o corte de 20% a 30% dessas benesses podem ajudar no aumento da receita sem a necessidade de criar novos impostos.

"Não quero discutir se tem imposto digital ou CPMF (Contribuição Provisória de Movimentação Financeira). Não há mais espaço para novo tributo, que é cumulativo, trava economia e exporta impostos", disse. "Um novo tributo (com compensações) pode até ser neutro do ponto de vista do número, mas do ponto de vista da Economia não é, nunca", disse o presidente da Câmara.

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner