26 de setembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
JBS - Covid 19
ECONOMIA

Bolsas da Europa: maioria fecha em alta, mas Stoxx 600 cai com coronavírus

4 agosto 2020 - 13h17

A maior parte das bolsas da Europa fechou em alta nesta terça-feira, 4, sustentadas pela divulgação de indicadores econômicas que reforçaram a tese de que a recuperação da economia global já está em curso. Mesmo assim, o índice pan-europeu Stoxx 600 encerrou em baixa de 0,07%, a 363,40 pontos, em meio à cautela pelo avanço do coronavírus.

"Houve muitas notícias corporativas hoje, mas a falta de um acordo entre republicanos e democratas em relação ao pacote fiscal contra pandemia de covid-19 de US$ 1 trilhão manteve o sentimento misto", explica o analista David Madden, da CMC Markets.

Enquanto o vírus exibe persistente resistência nos Estados Unidos, a Casa Branca e o Congresso tentam chegar a um acordo para nova rodada de estímulos, a fim de atenuar os impactos econômicos da doença. As negociações enfrentam um impasse, com a oposição defendendo manutenção dos benefícios para desempregados no valor de US$ 600, enquanto o governo quer um teto menor para o auxílio.

A falta de um entendimento impôs certa pressão aos negócios europeus, sobretudo na etapa inicial do pregão. Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX terminou com perda de 0,36%, a 12.600,87 pontos.

Nas demais praças, contudo, houve uma melhora generalizada ao longo da manhã, repercutindo dados econômicos positivos. Na zona do euro, o índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu 0,7% em junho ante maio, segundo dados publicados hoje pela Eurostat, acima da previsão de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, de alta de 0,6%.

Nos Estados Unidos, o Departamento do Comércio informou que as encomendas à indústria subiram 6,2% no mesmo intervalo, também superando expectativa do mercado, de salto de 4,9%. Os números ajudaram a impulsionar os índices acionários e, com isso, o CAC 40, referência na Bolsa de Paris, avançou 0,28%, a 4.889,52 pontos. Já o FTSE MIB, de Milão, se elevou 1,21%, a 19.613,95 pontos.

Em Londres, o FTSE 100 teve variação positiva de 0,05%, a 6.036,00 pontos. A ação da BP saltou 7,06%, após a petrolífera britânica reportar prejuízo menor que o esperado no segundo trimestre do ano.

Nos mercados ibéricos, o IBEX 35, de Madri, registrou valorização de 0,73%, a 4.379,78 pontos, enquanto o PSI 20, de Lisboa, subiu 1,21%, a 19.613,95 pontos.

Banner Whatsapp Desktop
TJ MS INTERNO

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você apoia o retorno do ensino presencial em escolas públicas ainda no ano de 2020?

Votar
Resultados
GAL COSTA
TJ MS
pmcg ms