23 de novembro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SESI - Campanha Protocolo de Atendimento
VARIEDADES

Arena inova com "ilhas" para plateia

Um grande palco ao ar livre, tendo à sua frente pequenas ilhas para até quatro pessoas cada, sem que ninguém possa sair de sua área controlada

23 outubro 2020 - 07h15
Drive-in
Drive-in - (Foto: Tiago Queiroz/Estadão)
Fort Atacadista Natal

As imagens parecem saídas de um filme de ficção distópica, e ninguém jamais acreditou que elas poderiam se tornar reais. Pois, com a epidemia da covid-19 ainda fora de um nível de segurança razoável, elas chegam festejadas como uma novidade que pode se espalhar pelo meio do entretenimento em pouco tempo. Um grande palco ao ar livre, tendo à sua frente pequenas ilhas para até quatro pessoas cada, sem que ninguém possa sair de sua área controlada. Os que quiserem chamar o garçom ou usar o banheiro devem marcar hora por um aplicativo. A situação já vivida em pequenos bares e casas de show não havia chegado ainda aos grandes espaços, até o anúncio de um empreendimento em Pinhais, na grande Curitiba.

O projeto de nome Arena Planeta Drive-In vai estrear com o que pode ser chamado de teste de fogo, um show da dupla Maiara & Maraisa. Isso porque a plateia deve lotar de fãs que nem sempre estão dispostos a ver seus ídolos de uma área restrita. A área comporta até 3 mil pessoas que devem ser distribuídas em 692 camarotes de quatro metros quadrados e distanciados um do outro. "Chegou a hora de descer do carro e curtir bons shows da maneira que eles merecem: dançando e cantando", diz Patrik Cornelsen, diretor da empresa, em um texto enviado à imprensa. O que acontecer no palco será filmado em tempo real e exibido em três telões com uma tecnologia de definição 4K.

"O formato drive-in foi uma grande escola para nós. Aprendemos muitas coisas nos últimos meses e chegamos ao projeto ideal para a realização de shows com distanciamento social. Hoje, temos uma opção única no País, 100% aprovada pelos órgãos municipais", diz Nelson Bolduan, diretor do Expotrade, o nome do lugar em que a experiência será instalada.

A iniciativa, que não chegou a outras capitais, tem sido considerada um passo além dos drive-ins tradicionais. Até aqui, as pessoas viram shows, peças de teatro e exposições dentro de seus carros. Nenhum formato havia proposto que elas descessem dos automóveis em quantidade tão grande. Mas, enquanto os realizadores comemoram, é preciso ter cautela. Os gráficos mostram os números da pandemia resistentes e a eficácia de qualquer estrutura para 3 mil pessoas nesse contexto se torna perigosa. Que Maiara, Maraisa e todos os seus fãs passem no teste.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Banner Whatsapp Desktop
Departamento de Operações de Fronteira - Disque Denúncia