25 de outubro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
TCE - Devolução Auxílio Emergencial
Agronegócio

Mercado externo exige gado rastreado

18 agosto 2009 - 16h50
Até mesmo o pequeno produtor é interessado na certificação
Até mesmo o pequeno produtor é interessado na certificação - Divulgação
Fort  Atacadista - 21 ANOS

  Uma as exigências do mercado externo, consumir de carne é o da rastreabilidade, que segundo especialistas oferece um produto com mais qualidade.

  E com esse requisito, o estado de Minas Gerais é o que mais possui número de propriedades capazes de fornecer animais para frigoríficos exportadores para a União Europeia.

  A rastreabilidade pode proporcionar melhor gestão da propriedade e o resultado é mais promissor, pois a diferença obtida no valor animal,  atualmente gira em torno de R$ 6,00 a mais por arroba.

  “A certificação é importante para garantir que os processos de identificação e produção de bovinos e bubalinos estejam adequados às exigências”, explica a médica veterinária e tutora do Portal Educação, Danielle Pereira.

  Até mesmo o pequeno produtor é interessado na certificação, mesmo tendo um custo mais alto, pois, por ser exigência do mercado externo, o valor ao produto é agregado. Vale ressaltar que o IMA faz o trabalho de validação sem ônus algum para o produtor.

 

Banner Whatsapp Desktop
PMCG
Annelies