21 de outubro de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Meio Ambiente

Adaptação de rodovias impediria morte de animais, com a onça atropelada

16 novembro 2010 - 17h51

Policiais Militares Ambientais foram acionados no último dia 9, às 10h30min, pela Polícia Rodoviária Federal para recolher o corpo de uma onça- parda adulta que acabara de ser atropelada no anel rodoviário, no trecho que liga a saída de Rochedo à saída para Terenos.

Os policiais rodoviários foram acionados por um caminhoneiro que teria atropelado o animal. Devido a forte pancada a onça já estava morta, inclusive, com o osso externo exposto. Os policiais militares ambientais recolheram o animal, que pesa aproximadamente 60 kg, que será limpo hoje e depois taxidermizado (empalhado) para utilização nos trabalhos de Educação Ambiental da Polícia Militar Ambiental.
 

“Precisamos urgentemente readaptar nossas rodovias, de forma que os animais possam atravessar com segurança trechos de seus territórios cortados por estradas. O que precisamos entender é que as rodovias, para os animais, nada mais são do que obstáculos que precisam ser transpostos em sua área de vida”, reforça o biólogo e tutor do Portal Educação, Carlos Lehn.

FULL BANNER AL MS
TCE OUTUBRO