25 de fevereiro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
COTOLENGO
SAÚDE

Farmacêutico exerce papel fundamental na sociedade

22 janeiro 2020 - 11h51 Por Carlos Ferreira

O farmacêutico está a todo momento pronto para atender os clientes, mas suas funções vão muito além do atendimento. O  profissional é responsável desde o monitoramento do estoque até verificar sinais e sintomas dos pacientes que precisam de ajuda. De acordo com a Conselheira Federal de Farmácia, Marcia Saldanha em entrevista ao programa "Giro Estadual de Notícias" desta quarta-feira (22), o profissional ainda é considerado invisível, mas reforça que todos os estabelecimentos que comercializam medicamentos precisam ter um responsável técnico farmacêutico.

"Nós atuamos em toda a cadeia produtiva do medicamento, desde a fabricação até o atendimento ao paciente. Nossa preocupação é que ele utilize corretamente. Temos o exemplo dos antibióticos em que controlamos o uso para minimizar a resistência bacteriana", diz.

A especialista ressalta a importância do profissional na vida da população. "Vemos casos de pessoas que tomam medicamento controlado contra depressão por exemplo. Hoje nós percebemos que a valorização do farmacêutico é focar na parte do cuidado das pessoas", explica.

Em 2017 o uso indevido de medicamentos foi responsável por 33,62% dos casos de intoxicação atendidos no Centro de Informação e Assistência Toxicológica (Ciatox) da Unicamp em São Paulo.

"A população está envelhecendo e com isso vêm doenças crônicas, e os medicamentos para essas doenças são para o resto da vida. Se essas pessoas não utilizam os medicamentos de forma adequada, elas vão caminhar para uma internação, amputação e isso vai gerar muito mais custos para o SUS", diz.

A Conselheira Federal de Farmácia, Márcia Saldanha Cardeal Gutierrez, acredita que o maior desafio da profissão hoje é 'empoderar o profissional farmaceutico'.

"A idéia é que ele desenvolva serviços clínicos, pois desde 2014 a farmácia deixou de ser um estabelecimento comercial para um de saúde, onde a população pode procurar os locais para tomar vacinas, fazer exames de diabetes, hipertensão e etc. Hoje trabalhamos muito para segurar aos nossos colegas que ele tem o dever ético de trabalhar pensando na população", explica.

De acordo com dados divulgados pelo Conselho Federal de Farmácia, em 2018 o País tinha 221.258 profissionais inscritos nos conselhos regionais.

PMCG
Maestro João Carlos