04 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
assembleia respeito
PRÉ-CANDIDATO

Barbosinha quer implantação de hospital de campanha em Dourados no combate ao coronavírus

9 junho 2020 - 16h30 Por Rosana Siqueira

Temoroso com a pandemia do coronavírus que cresce na região de Dourados, o deputado estadual Barbosinha do DEM (Democratas) reafirmou seu pedido de construção de um hospital de campanha na cidade e da necessidade ampliação de testes rápidos da doença. Pré-candidato a prefeitura daquele município, o deputado se diz preocupado com o crescimento de casos na cidade, que  hoje amarga o triste título de ser epicentro da covid-19 em MS. Barbosinha foi o entrevistado desta terça-feira (9) no programa "Giro Estadual de Notícias".

Ele lamenta o fato de Dourados ter mais de 640 casos confirmados de covid, sendo 522 no perímetro urbano, 13 no rural, 78 da reserva indígena e 35 de outras localidades. "Dourados tem hoje a maior concentração urbana de aldeia do País com 16 mil índios. Os casos surgiram dentro do JBS e isso acabaram propagando para outras  áreas e fazendo com que Dourados ultrapassasse Campo Grande proporcionalmente em casos", salientou.

Preocupado com a situação, Barbosinha diz que antes mesmo de estourarem os casos, Ele já havia sugerido que o prédio do antigo Extra, localizado em área central fosse transformado em hospital de campanha. "Na época isso parecia ser despropositado, mas hoje estou reiterando na sessão o pedido de instalação de hospital de campanha para indígenas e não indígenas no município e ainda solicitando a realização de mais testes rápidos. Até porque a estrutura dos bombeiros, do drive thru não consegue atender a demanda instalada em Dourados", assinalou.

Eleições  Com relação a alteração do calendário das eleições ele acredita que as datas devem ser mantidas em dezembro. "Meu nome foi colocado pelo meu partido, o DEM e estamos trabalhando este processo", afirmou.

O deputado alega que neste ano a campanha será mais virtual do que presencial. "Acredito que vamos entrar agosto e setembro ainda com a pandemia muito forte no Estado e no  Brasil. Por as redes sociais serão ainda mais usadas", destacou.

Na sua plataforma Barbosinha diz que vai fazer o trabalho em cima do seu  histórico de candidato. "Tenho usado minha pré candidatura mostrando a minha história como prefeito mais jovem de MS, de advogado, de professor universitário, marido de uma médica que trabalhou sempre na rede pública de Dourados e deputado por dois mandatos", concluiu.