04 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
PELO EMPREGO

Temendo perderem o emprego, funcionários de frigorífico realizam protesto em Pedro Juan

O protesto era contra uma determinação do Conselho Nacional de Concorrência (CONACOM), que impede que o abatedouro volte a funcionar por conta da proibição da Athena Food em operar a Frigonorte

9 julho 2020 - 16h08Redação
Os trabalhadores temem ficar sem emprego por demora de decisões das autoridades
Os trabalhadores temem ficar sem emprego por demora de decisões das autoridades - (Foto: Divulgação)
HVM

Funcionários do frigorífico Frigonorte fizeram um protesto na manha de hoje (9) em Pedro Juan Caballero, capital do departamento de Amambay, no Paraguai. O protesto era contra uma determinação do Conselho Nacional de Concorrência (CONACOM), que impede que o abatedouro volte a funcionar por conta da proibição da Athena Food em operar a indútria.

Clodomiro Duarte, que trabalha no local há cinco anos, afirma que o local deveria ter sido reaberto no dia 1º de junho, mas o CONACOM barrou solicitando um prazo entre 30 e 90 dias para avaliar o caso.

A Athena é responsável pelos frigoríficos de Assunção e de outras cidades do Paraguai e isso causa, nos produtores de gado da região, medo de um monopólio do grupo que teria mais de 50% dos abates.

Os trabalhadores, com medo de perderem o emprego, foram para a governadoria do departamento de Amambay, onde foram recebidos pelo governador Ronald Acevedo, que disse que dentro de uma semana o caso seria resolvido e os funcionários voltariam para o trabalho.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)
agecom - fullbanner
Cornavirus