17 de julho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
CAMPO GRANDE EXPO
GASTRONOMIA

Santa Catarina se reafirma como um dos melhores destinos para a gastronomia dos mares

Está a caminho do estado? Então coloque na lista o Amalfi Ristorante, formado por dois nomes de peso da cozinha catarinense

10 julho 2018 - 10h12da Redação com Assessoria
De dia, o ambiente oferece uma luz natural, que ao fim da tarde dá lugar à um pôr do sol de tirar o fôlego
De dia, o ambiente oferece uma luz natural, que ao fim da tarde dá lugar à um pôr do sol de tirar o fôlego - Reprodução

De um lado, um chef conhecido por pescar o que prepara na cozinha. De outro, um restaurante referência em cozinha mediterrânea, em Florianópolis, Santa Catarina. Com tantas características em comum, o Amalfi Ristorante, agora com cozinha sob comando do chef Nivaldo Souza, promete oferecer sabores incríveis para quem aprecia a alta gastronomia.

Bons chefes e peixes frescos são pré-requisitos básicos na hora de agradar o paladar dos amantes da cozinha mediterrânea. Pensando nisso, Ivo Pires, proprietário do charmoso Amalfi, localizado em Santo Antônio de Lisboa, bairro conhecido por respirar história açoriana, na capital catarinense, trouxe o conhecido chef Nivaldo Souza, também chamado de Niva, para compor o time da casa. Nivaldo Souza, 35 anos, nasceu em Tubarão, litoral Sul de Santa Catarina e com apenas dois meses de vida foi morar em Florianópolis. Aos 11 anos, após perder a mãe, precisou começar a se virar na cozinha e foi aí que aprendeu de tudo um pouco, até se apaixonar por gastronomia. Em 2001, aos 18 anos, ousou e participou de um concurso na Fenaostra, maior festa nacional que oferece diversas criações de pratos à base de frutos do mar, tendo a ostra como ingrediente principal.  Assim, ele preparou uma ostra in natura ao vinagrete de broto de agrião, com tomate-cereja marinado e batata recheada de acompanhamento. Por conseguinte, surpreendeu os jurados e ganhou o prêmio. Sua criação o levou para um estágio em La Rochelle, na França, por seis meses.

No semestre de experiências, Niva aprendeu mais sobre a cozinha francesa e a partir de então não sobraram dúvidas de que a gastronomia seria sua sina. Suas vivências só aumentaram, participou então de dezenas de concursos, um deles ministrados por chefs que são referências no eixo Rio-São Paulo, como Alex Atala. Participando de competições, conheceu a Suíça, México e Portugal. Representou o Brasil na copa latina americana do maior concurso de alta gastronomia do mundo, o Bocuse d´Or, na Cidade do México. Em 2011, foi o primeiro chef representante do Brasil na aclamada Catering Cup, em Lyon, na França. Posteriormente, comandou um dos restaurantes mais bem conceituados da ilha, o Recanto dos Brunidores, que era conhecido por peixes e frutos do mar pescados por mergulhadores nas ilhas em frente à praia e trazidos direto para a mesa dos clientes. O local era considerado patrimônio histórico, com quase 200 anos de existência. Entre inúmeras criações exclusivas, o chef ainda arruma tempo para mergulhar e pescar os ingredientes frescos e quase vivos que o ajudam na hora de dar sabor aos pratos. Quando trabalhava nos Brunidores, ele improvisava todos os dias no cardápio, sempre de acordo com o que encontrava na água. Pescava vieiras, polvo, camarão, marisco, peixes e ouriços.Agora, sob o comando da cozinha do Amalfi, pretende manter sua marca registrada: o frescor, com pratos carregados de referências mundiais em gastronomia. Na parte da administração da conceituada casa, fica o empreendedor Ivo Pires, 29 anos e seu sócio Bernardo Amorim, 31 anos. Querendo empreender desde cedo, pós formado em Publicidade e Propaganda, decidiu morar e estudar em Berkeley, na Califórnia. De lá, voltou para o Brasil e montou uma construtora, em parceria com seu pai. Anos depois, resolveu seguir o sonho de ter um restaurante, em sociedade com um amigo, em São José – SC. No ano seguinte inaugurou o Amalfi Ristorante, com inspiração diretamente da Costa Amalfitana, na Itália. Meses depois, vendeu o restaurante em São José. O sucesso do Amalfi deu ânimo para o desafio de criar um novo conceito de restaurante japonês, misturando música, arte e alta gastronomia. Após o Amalfi, em menos de um ano, Ivo criou o Noma Sushi, com um projeto ousado de culinária japonesa. Em seguida, montou a segunda unidade em Jurerê Internacional e agora quer encarar o desafio de levar a marca para outros estados brasileiros. Seguindo a ambientação do restaurante Amalfi, ele inaugurou o Amalfi Café, com a ideia de ser um local de convivência com espaço pet, kids e uma horta orgânica do próprio chef, além de ser um ponto ideal para tomar um café acompanhado de doces. Neste ano, irá inaugurar mais 2 novas casas e pretende não parar tão cedo. Hoje, ele comanda um time de 120 funcionários diretos, divididos em seis restaurantes, uma construtora e uma empresa de tecnologia. Já Bernardo é o responsável por fazer bombar a casa. Ele está à frente da parte de  relacionamentos dos restaurantes e assim compõem o perfeito equilíbrio nessa receita de sucesso.

Ivo Pires, o empresário ao centro de calça branca, com sua equipe de marinheiros do Amalfi / Foto: Paulinho Sefton

As duas histórias inspiradoras são a maior prova de que a união faz a força. A missão do Amalfi, juntamente com todos os seus colaboradores, é proporcionar uma experiência diferente para os clientes e proporcionar um incrível encontro entre terra e mar. Com tons elegantes, em total sintonia com o branco, bege e azul, a casa inspira os apaixonados por decoração.

Risoto de LagostaFoto: Paulinho Sefton

A decoração transforma o restaurante em um refúgio sossegado, mesmo no meio de uma cidade com vida noturna bastante agitada.

Ivo apostou em peças, móveis e revestimentos em madeira e fibras naturais, pois são sofisticados e bastante aconchegantes, além de traduzirem bem o espírito da casa de praia. O branco e os tons crus também se fazem presentes, com almofadas, velas e pontos de luz que ajudam a compor um visual elegante e inspirado no litoral apaixonante que inspirou o proprietário. De dia, o ambiente oferece uma luz natural, que ao fim da tarde dá lugar à um por do sol de tirar o fôlego. Sem dúvidas, o Amalfi oferece uma enxurrada de emoções. Quase 16 quilômetros separam o centro de Florianópolis de Santo Antônio de Lisboa, onde está localizado o restaurante. O deslocamento, no entanto, vale cada metro, principalmente para os turistas.

SERVIÇO: Amalfi Ristorante - Endereço: R. Quinze de Novembro, 18 - Santo Antonio de Lisboa, Florianópolis - SC - (48) 9 9114-1565.

João Bosco e Banda
PI SENAR MS 2018 centroexcelencia full-banner 940x100px