24 de janeiro de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BEEGEES
ASSISTÊNCIA SOCIAL

Reunião ampliada do CEAS reforça ato em defesa do Sistema Único de Assistência Social

O evento contou com a participação de gestores municipais, trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), usuários do SUAS

10 dezembro 2019 - 10h56
Evento contou com ato em defesa do SUAS
Evento contou com ato em defesa do SUAS - Fotos: Matheus Barreto

A reunião ampliada promovida pelo Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS/MS), na Escola do SUAS/MS “Mariluce Bittar”, na Capital, reforçou o debate em torno das demandas da assistência social. O evento contou com a participação de gestores municipais, trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), usuários do SUAS, entidades e prestadoras de serviço do estado de MS.

Conforme já havia adiantado o vice-presidente do CEAS/MS, Adenilson Freires, as pautas das reuniões descentralizadas, realizadas nas regiões do Estado, trouxeram para a Capital o fechamento dos debates, também como forma de suprir o espaço em face do não chamamento da conferência nacional pelo Ministério da Cidadania.

A secretária Elisa Cleia Nobre, da Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), reforçou a importância das reuniões realizadas pelo conselho. “É sempre um prazer estarmos aqui reunidos para que a gente possa debater os assuntos pertinentes a política de assistência social. É um momento que contemplamos várias reflexões para que possamos avançar. É importante colocarmos ideias, fazendo uma reflexão sobre a assistência social. Nosso Estado tem sido referência na defesa e na condução dessa política e muitas metodologias que saíram de MS estão sendo utilizadas pelo País”, disse.

Presidente da Frente Parlamentar em defesa da Assistência Social, na Assembleia Legislativa de MS, o deputado estadual, Lídio Lopes, revelou sua surpresa ao saber que poucos estados do País possuíam a frente parlamentar específica.

“Confesso que é uma causa pela qual me apaixonei e temos lutado muito. Somente sete estados têm a frente parlamentar em defesa da assistência social. Estamos trabalhando com muito empenho, com a ajuda do Colegiado Estadual de Gestores Municipais da Assistência Social de Mato Grosso do Sul (Coegemas) e da Sedhast, para mobilizarmos os demais estados. Na Assomasul, levamos as demandas do SUAS aos prefeitos. Fizemos esse apelo aos prefeitos para que tivessem um olhar diferenciado para assistência social e demandassem para que fossem alocados recursos na área. Iremos até o ministro [da Cidadania] para levarmos as reivindicações do SUAS, por meio de uma comissão de Mato Grosso do Sul. Sem dúvida essa é uma causa nobre”, finalizou.

Representando o Fórum Estadual das Entidades, Maria de Freitas, reforçou o ponto positivo do conselho estar próximo aos municípios, com um contato muito próximo. Assim como a representante do Fórum dos Usuários, Niulene Silva, e a representante do Fórum dos Trabalhadores, Marcia Ratti, também destacaram o importante papel das reuniões promovidas pelo CEAS. Sérgio Wanderly, presidente do Coegemas, também compôs a mesa de abertura da reunião realizada na última sexta-feira.

CEAS/MS

O Conselho Estadual de Assistência Social de Mato Grosso do Sul (CEAS/MS) é um órgão estadual de deliberação colegiada do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), de caráter permanente, planejado e continuado de composição paritária entre governo e sociedade civil organizada, tendo como competência normatizar, consultar, fiscalizar e deliberar a gestão do SUAS. É vinculado à estrutura do órgão gestor estadual de assistência social – Sedhast, por meio da Superintendência da Política de Assistência Social (Supas).