11 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - Prazos Processuais (10/08 a 13/08)
CRIME AMBIENTAL

PMA autua fazendeiro em R$ 7,1 mil por exploração ilegal de madeira

O funcionário de uma fazenda na região havia derrubado 12 árvores da espécie aroeira

25 novembro 2015 - 17h33DA REDAÇÃO
A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais.
A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. - PMA
HVM

Policiais militares ambientais de Campo Grande autuaram um  proprietário rural em R$ 7.100,00 por extração ilegal de madeira em Bandeirantes. Ele responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a dois anos de reclusão.

O funcionário de uma fazenda na região havia derrubado 12 árvores da espécie aroeira (proibida de corte), além de três árvores da espécie “ipê”, sem autorização do órgão ambiental.

A madeira explorada ilegalmente seria transformada em toras, em estacas, postes e palanques para cerca e era retirada da área protegida de reserva legal da fazenda. As atividades ilegais foram paralisadas.

A portaria 83N de 1991 do IBAMA proíbe o corte da “aroeira” e algumas outras espécies de madeiras nobres, sem plano de manejo, que precisa ser aprovado pelos órgãos ambientais. Inclusive, em desmatamentos autorizados, essas espécies não podem ser cortadas.

Assessoria de Comunicação da PMA

Banner Whatsapp Desktop
OAB

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor do lockdown em Campo Grande?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
agecom - fullbanner