12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
HABEAS CORPUS

Ministro do STJ nega liberdade ao pecuarista José Carlos Bumlai

Argumento da defesa é que o pecuarista se colou à disposição da Justiça para prestar esclarecimento

2 dezembro 2015 - 14h35Agência Brasil
FAMASUL - SENAR

O ministro Marcelo Navarro Ribeiro Dantas, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), negou hoje (2) um pedido de habeas corpus ao empresário e pecuarista José Carlos Bumlai. O pedido foi protocolado segunda-feira (30) e negado na manhã desta quarta-feira. 

Bumlai foi preso no dia 24, em Brasília, durante a Operação Passe Livre, 21ª fase da Operação Lava Jato. Nesse mesmo dia, Bumlai se apresentaria para depor na CPI do BNDES. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de usar contratos firmados com a Petrobras para quitar um empréstimo com o Banco Schahin. 

O argumento da defesa de Bumlai no pedido do habeas corpus negado pelo STJ é que o pecuarista se colou à disposição da Justiça para prestar esclarecimentos e que não haveria risco de obstrução à coleta de provas. 

 

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner