12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju dengue
SELO OAB

Mansour entrega em Brasília Selo de Qualidade aos cursos de Direito de MS

Quatro universidades do Estado receberam a qualificação do órgão federal que avalia o nível de ensino oferecido aos estudantes

13 janeiro 2016 - 12h31DA REDAÇÃO
Presidente da OAB/MS Mansour Karmouche com presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtado Coêlho
Presidente da OAB/MS Mansour Karmouche com presidente da OAB Nacional, Marcus Vinicius Furtado Coêlho - Divulgação
FAMASUL - SENAR

A Ordem dos Advogados do Brasil entregou nesta quarta-feira (13) em Brasília um selo de qualidade a 139 cursos de direito de todo o país recomendados pela entidade. São utilizados como critérios de avaliação o nível de ensino oferecido pelas universidades com base no índice de aprovação de seus alunos nos exames da Ordem e, também, o conceito obtido pelas escolas no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade). 

O resultado de 139 cursos de direito recomendados pela OAB contempla em média 10% dos mais de 1.300 existentes no Brasil. O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Mansour Karmouche, participou da solenidade e fez a entrega do selo para as universidades de Mato Grosso do Sul selecionadas: Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fundação Universidade Federal Da Grande Dourados (UFGD), Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), unidades de Dourados e Naviraí. 

Mansouir com Ricardo Lewandowski, presidente do STF

"O selo OAB Recomenda incentiva as instituições a investirem na qualidade de ensino e infraestrutura oferecidas aos acadêmicos, que, certamente, resulta em bons profissionais e mais segurança para o cidadão e a sociedade”, disse o presidente da OAB/MS, Mansour Karmouche. 

Das 139 faculdades selecionadas, 78 são públicas e 61 privadas. Desde 2001, quando o selo foi entregue pela primeira vez, cresceu o número de instituições recomendadas pela Ordem. Na primeira edição 52 cursos receberam a certificação. Na última edição, de 2011, foram 89 cursos. 

“O Selo de Qualidade OAB Recomenda é uma forma de estimular a qualidade do ensino jurídico do Brasil, um convite a que as demais faculdades possam também ingressar nesse seleto time de bons índices de aprovações nos exames. O Brasil e os estudantes necessitam de mais qualidade na maioria dos cursos de direito do país”, explica Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente da OAB Nacional. 

Desde que surgiu o "OAB Recomenda", em 1999, o principal objetivo é enaltecer as instituições de ensino em Direito com regularidade de desempenho. A certificação não funciona como um ranking entre as instituições, nem como um mecanismo de desaconselhamento de cursos. O selo de qualidade é editado a cada três anos e divulga periodicamente os cursos de Direito que mais se destacaram em cada Unidade da Federação. 

O Selo de Qualidade é editado a cada três anos e divulga periodicamente os cursos de Direito que mais se destacassem em cada Unidade da Federação.  

A primeira edição do programa foi divulgada em janeiro de 2001, quando um total de 52 cursos de Direito integrou a publicação. O segundo OAB Recomenda foi lançado em janeiro de 2003, com 60 cursos de Direito no rol de merecedores do selo de qualidade. Na terceira edição, no ano de 2007, 87 cursos foram credenciados a receber o selo. Em 2011, com a quarta edição, chegou-se a 89 cursos.

Banner Whatsapp Desktop
agecom - fullbanner
Cornavirus