16 de julho de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Saraiva de Rezende - SR Construtora
EDUCAÇÃO

Formandos do Curso Normal Médio preveem novas perspectivas de trabalho

15 maio 2017 - 16h21
comper

Campo Grande (MS) – A Secretaria de Estado de Educação (SED) realizou na sexta-feira (12.5) a solenidade de formatura do curso Normal Médio – Habilitação para a Educação Infantil e Anos Iniciais do Ensino Fundamental, no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, na Capital, com a participação de 133 formandos das escolas estaduais Dolor Ferreira de Andrade, Dona Consuelo Müller, João Carlos Flores, Lino Villachá, Maria Eliza Bocayúva Corrêa da Costa, Olinda Conceição Teixeira Bacha, Prof. Otaviano Gonçalves da Silveira Junior e Prof. Silvio de Oliveira dos Santos.

O curso Normal Médio, garantido pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB 9394/96), é a formação mínima para os profissionais que desejam atuar na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental. Em Mato Grosso do Sul, o curso é oferecido em 38 escolas da Rede Estadual de Ensino, distribuídas em 31 municípios. “O estudante aproveita a carga horária do ensino médio e cursa somente as disciplinas específicas do Normal Médio, durante aproximadamente 12 meses, com quatro módulos que incluem aulas teóricas, práticas e estágios em escolas”, explica o coordenador de Políticas para a Educação Profissional da SED, Davi Oliveira dos Santos.

Entre os 133 formandos, apenas dois homens que, aos poucos, foram se familiarizando com a nova carreira. “Temos que quebrar barreiras, lutar e ir até o fim e, trabalhando com crianças, a gente pode incentivá-los a ter um bom rendimento nos estudos e a buscar novas informações, Este curso foi muito interessante, aprendi a ensinar, mas também aprendi muito com as crianças. Sala de aula da educação infantil é lugar de homem, sim”, afirma o futuro professor, que atualmente trabalha como atendente de supermercado.

O curso Normal Médio reúne histórias de recomeço e superação, como a da Daine Bagetti, que decidiu trocar a atividade de cuidadora de idosos pela atuação nas escolas. Durante o curso, na EE Prof. Silvio de Oliveira dos Santos, descobriu que estava grávida, mas não desistiu e é pelo filho, recém-nascido, que ela busca uma nova oportunidade. “Estou vendo uma perspectiva de vida melhor, posso ver além e correr atrás de algo melhor pra mim e minha família, inclusive, já estou pensando em cursar Pedagogia”, conta a mãe de João Antônio.

A solenidade foi acompanhada pelo superintendente de Administração das Regionais da SED, Juari Lopes Pinto; pelo deputado estadual Rinaldo Modesto; e pela secretária municipal de Educação de Campo Grande, Ilza Matheus.

Texto e fotos: Emilia Dorsa – Secretaria de Estado de Educação (SED)

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Como você pretende gastar o seu saque emergencial do FGTS?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - VUON /Vinhos (interno)
tj ms
Cornavirus