03 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Conquistas PMCG
DE VOLTA AO MERCADO VENEZUELANO

Após dez meses, batata frita volta ao cardápio do McDonald's na Venezuela

O valor da batata em bolívares é 20% mais alto do que uma porção de mandioca frita, item que vinha sendo oferecido aos clientes no lugar da batata, sem grande sucesso.

11 novembro 2015 - 11h09Da redação com informações da assessoria
A gerente de uma loja McDonald's que não quis se identificar, disse que até hoje não sabe por que o produto esteve em falta por tanto tempo. A escassez foi amplamente atribuída a dificuldades de obter dólares para importar.
A gerente de uma loja McDonald's que não quis se identificar, disse que até hoje não sabe por que o produto esteve em falta por tanto tempo. A escassez foi amplamente atribuída a dificuldades de obter dólares para importar. - Ilustração
HVM

Após dez meses fora do cardápio, batatas fritas voltaram a ser vendidas no início desta semana nas lanchonetes da rede McDonald's na Venezuela.

O preço de uma batata grande fora do combo, porém, é de 800 bolívares, o equivalente a quase 10% do salário mínimo. Na cotação oficial, isso representa US$ 126. No câmbio paralelo, menos de US$ 1.

O valor em bolívares é 20% mais alto do que uma porção de mandioca frita, item que vinha sendo oferecido aos clientes no lugar da batata, sem grande sucesso.

Apesar do choque de muitos venezuelanos com o preço, a praça de alimentação de um shopping do leste de Caracas estava cheia de pessoas comendo lanches com batata frita na característica caixinha.

"As vendas estão boas", disse a gerente da loja, que não quis se identificar.

Ela afirmou que as batatas agora são produzidas na própria Venezuela, ao contrário daquelas que eram vendidas anteriormente, importadas principalmente do Canadá.

A gerente disse que até hoje não sabe por que o produto esteve em falta por tanto tempo. A escassez foi amplamente atribuída a dificuldades de obter dólares para importar.

O governo venezuelano, que controla o câmbio e o acesso a dólares a taxa preferencial, enfrenta escassez de divisas devido a um misto de má gestão, corrupção e degringolada do preço do petróleo, do qual depende para se manter.

Mas este cenário não afetou as lojas venezuelanas do Burger King, rival do McDonald's, que continuaram servindo batata frita normalmente.

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
agecom - fullbanner