12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
MEIO AMBIENTE

Após acidente em Mariana, Imasul fará fiscalização nas barragens de resíduos em Corumbá

Ação será no dia 7 no Maciço do Urucum, e envolve Imasul, engenheiros, geólogos e profissionais de outros órgãos e entidades

24 novembro 2015 - 13h05DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA
Mina Maciço do Urucum em Corumbá
Mina Maciço do Urucum em Corumbá - Divulgação
FAMASUL - SENAR

Depois do acidente ocorrido na cidade de Mariana, em Minas Gerias, com o rompimento da barragem de resíduos minerais da empresa Samarco, provocando além de mortes, um grave acidente ambiental, o Governo de Mato Grosso do Sul vai intensificar a fiscalização nas barragens existentes em Corumbá. Por meio do Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), no dia 7 de dezembro será feita uma ação fiscalizadora de precaução nas barragens que armazenam resíduos minerais localizadas no Maciço do Urucum, no município de Corumbá.  

A determinação foi dada pelo secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico, Jaime Elias Verruck, “como forma de tranquilizar a população do perímetro urbano da região, resguardar o Bioma Pantanal e nos antecipar a eventuais medidas que necessitem ser tomadas sobre o assunto. Estamos utilizando do princípio da precaução para nos municiar de ferramentas que possam nos distanciar do risco de algo como o que ocorreu em Mariana (MG). Já entramos em contato com as empresas que atuam no Maciço do Urucum e região para realizar essa fiscalização, que será coordenada pelo Imasul”. 

A equipe de fiscalização que vai vistoriar as barragens de resíduos minerais em Corumbá será multidisciplinar e vai envolver técnicos e fiscais do Imasul, além de engenheiros civis, geólogos e profissionais de outros órgãos e entidades. “Será um trabalho de parceria e de caráter técnico, por meio dele teremos instrumentos para analisar a real situação dessas barragens”, disse o diretor de Licenciamento do Imasul, Ricardo Eboli, que vai coordenar a equipe multidisciplinar. 

Segundo Eboli, o licenciamento ambiental de instalação e operação das barragens de resíduos minerais localizadas no Maciço do Urucum são de responsabilidade do Ibama e a concessão da extração do minério, dada pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), órgão vinculado ao Ministério das Minas e Energia. 

Banner Whatsapp Desktop
agecom - fullbanner
Cornavirus