21 de setembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM - INCORPORACOES
EDUCAÇÃO

Aluna de Sidrolândia participa de seletiva para Olimpíada das Profissões na Rússia

A WorldSkills, competição internacional que é realizada a cada dois anos em um país diferente, também busca valorizar as profissões técnicas em escala global

13 julho 2018 - 11h57Da redação com informações da assessoria
A aluna do curso de costura industrial do Senai de Sidrolândia, Vanessa dos Santos Ribeiro, embarcou, nesta sexta-feira (13/07), para a cidade de Blumenau (SC), onde irá representar Mato Grosso do Sul
A aluna do curso de costura industrial do Senai de Sidrolândia, Vanessa dos Santos Ribeiro, embarcou, nesta sexta-feira (13/07), para a cidade de Blumenau (SC), onde irá representar Mato Grosso do Sul - Divulgação

A aluna do curso de costura industrial do Senai de Sidrolândia, Vanessa dos Santos Ribeiro, embarcou, nesta sexta-feira, 13,  para a cidade de Blumenau (SC), onde irá representar Mato Grosso do Sul durante as seletivas da WorldSkills 2019, uma espécie de olimpíada mundial de profissões que será realizada em Kazan, na Rússia. Ela disputará a seletiva da ocupação “Tecnologia da Moda”, que começará neste domingo (15/07) e prossegue até o dia 20 de julho.

Para participar da bateria de provas, Vanessa dos Santos Ribeiro começou a se preparar desde março deste ano. “A cada dia, o treinamento foi ficando mais intenso, com mais tarefas para serem realizadas em casa e mais tempo de estudo na unidade do Senai. Estou muito ansiosa porque sei que os outros candidatos são preparados e competentes, mas sei também que estou trabalhando para dar o meu melhor, representando meu Estado”, afirmou.

Ela ainda destacou que durante os treinos pôde aperfeiçoar mais suas habilidades. “Independentemente de qual seja o resultado, já me sinto vitoriosa, porque eu ganhei conhecimento que ninguém poderá tirar de mim. Estou muito feliz por ter me destacado durante as aulas e ser escolhida para disputar essas seletivas. Para mim isso não tem preço”, completou.

WordSkills

A WorldSkills, competição internacional que é realizada a cada dois anos em um país diferente, também busca valorizar as profissões técnicas em escala global. Organizada pela WorldSkills International – entidade que trabalha, desde 1950, para o desenvolvimento e a excelência das ocupações técnicas -, o torneio reúne competidores de países e regiões das Américas, Europa, Ásia, África e Pacífico Sul.

Em 2017, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, a delegação do Brasil obteve o 2º lugar geral, enquanto a próxima edição será na cidade russa de Kazan, em 2019. A expectativa brasileira é estar entre os melhores times do mundo e, se possível, repetir o feito obtido em São Paulo (SP), em 2015, quando a equipe do Brasil foi a grande campeã.

Segundo a delegada técnica da Olimpíada do Conhecimento do Senai de Mato Grosso do Sul, Maise Giacomeli, o evento é um dos maiores do mundo em educação profissional e as seletivas da WorldSkills Kazan são uma oportunidade de representatividade do Estado. “Ter um representante que demonstre os conhecimentos teóricos e práticos e as habilidades intelectuais aprendidas durante o curso é muito importante para nós. Além disso, os desafios envolvem atividades essenciais para o exercício profissional, então já é uma forma de os alunos adquirirem experiência”, afirmou.

Seletivas

O formato das seletivas no Brasil permite que moradores de todos os Estados visitem os locais das provas e conheçam os cursos do Senai, as profissões da indústria e as oportunidades oferecidas pela educação profissional para trabalhadores e empresas. As provas vão ocorrer em 35 cidades de todos os Estados e Distrito Federal.

Neste ano, as provas terão como novidade o mesmo formato do torneio mundial. Os competidores passarão, durante quatro dias, pelas mesmas horas que serão exigidas em cada desafio na Rússia e materiais muito semelhantes aos que serão utilizados de fato no mundial. Um grupo de 333 avaliadores vai dar notas a cada um dos participantes.

Nas provas, os competidores com os melhores desempenhos receberão medalhas de ouro, prata e bronze. As provas aplicadas na competição têm como base as qualificações exigidas pelo mercado de trabalho e as atualizações tecnológicas das empresas. O desempenho dos alunos nas disputas forma um conjunto de indicadores que ajuda o Senai a avaliar a qualidade da educação profissional e atualizar os currículos das suas escolas. Com isso, a instituição mantém seus cursos sintonizados com as necessidades das empresas, facilitando o ingresso de seus alunos no mercado de trabalho.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
CORTESIA SEGOV HEPATICE C
tj ms agosto