22 de agosto de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Banner - Campanha Doe Sangue 09.08 até 16.08

Paulo Passos toma posse como Procurador-Geral de Justiça de MS

7 maio 2018 - 12h51Por Fernando Soares

Foram tantos cumprimentos, tantas manifestações de carinho, que a emoção tomou conta do coração do procurador de Justiça, Paulo Passos, na tarde de sexta-feira, quando foi empossado no cargo de procurador-geral de Justiça de Mato Grosso do Sul, para seu segundo mandato. Com a voz embargada, relembrou as dificuldades encontradas em seu primeiro mandato e os avanços conquistados, graças ao apoio do colégio de procuradores em conseguir levar a cabo a missão de chefiar o MPMS e atender aos anseios da sociedade. “Colocamos em prática metas de trabalho que tinham como objetivo enfrentar os principais problemas que assolam o Estado de Mato Grosso do Sul, fazendo com que nossos Ministérios Públicos passem a intervir e dar a sua contribuição para a solução dessas questões”, disse Paulo Passos em seu discurso.

Da felicidade de Paulo Passos, também fazem parte a certeza, reforçada pelas palavras que ele ouviu do tesoureiro da OAB, Stheven Razuk, de que está conseguindo cumprir o seu papel de procurador-geral, de ser humano, de pessoa comprometida com o Estado, com o universo e com a humanidade. Fiel aos princípios que aprendeu pela fé em Deus, pela orientação de seus pais, Minerva e Aparecido Passos, pelas pessoas que sempre foram seu exemplo, Paulo Passos vai continuar sua jornada à frente do Ministério Público, pelos próximos dois anos. Acertos e erros fazem parte de qualquer vida. Tanto na pessoal, quanto na profissional, mas para Paulo “Tudo o que é terreno é efêmero.

Não é o cargo que ocupamos que nos dá a dimensão de nossa vida, mas as escolhas que fazemos, de seguir nossa lenda pessoal, acreditar em nossas utopias e lutar por nossos sonhos. Somos todos protagonistas de nossas vidas”, reafirmando que os erros e os espinhos nos ensinam a encontrar o caminho futuro.

Paulo prometeu continuar sua gestão com a mesma serenidade e integridade que conduziram seu primeiro mandato e, sobretudo, com inteligência necessária para que o Ministério Público cumpra sua missão constitucional, que é a de defender a ordem jurídica, principalmente no combate à corrupção, os interesses sociais e individuais, com observância dos princípios institucionais de unidade, indivisibilidade e independência funcional.
E, assim, ele vai conhecendo e seguindo o fantástico caminho da vida de se fazer Justiça...

Confira alguns flashes...

Deixe seu Comentário

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
VAZIO SANITÁRIO