24 de março de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
aguas Guariroba -  Banner - Campanha Março - Obras 2019
CUIDADOS

Vômito em crianças precisa de tratamento adequado

É importante analisar as crianças com vômito individualmente, fazendo diagnóstico correto, a fim de propor o tratamento correto das diferentes doenças causadoras do vômito, o que é fundamental para o controle destas manifestações

9 março 2019 - 11h47Da redação com assessoria
Para esses quadros é apropriado utilizar um produto antiemético, e a primeira indicação é a ondasentrona, que melhora a eficácia da terapia de reidratação oral, podendo ser usada em todos os níveis de náuseas e vômitos
Para esses quadros é apropriado utilizar um produto antiemético, e a primeira indicação é a ondasentrona, que melhora a eficácia da terapia de reidratação oral, podendo ser usada em todos os níveis de náuseas e vômitos - Foto: Ilustração

O vômito é uma das queixas mais frequentes nas consultas pediátricas e, juntamente com as náuseas, pode ser sintoma de um processo controlável ou, até mesmo, a primeira manifestação de um processo grave, podendo causar outros problemas, como desidratação e complicações metabólicas, havendo em muitos casos a necessidade de internação.

Sempre angustiante para a criança e para os familiares, o vômito é um sintoma comum de múltiplas doenças, podendo evoluir para um quadro agudo e/ou crônico. É importante analisar as crianças com vômito individualmente, fazendo diagnóstico correto, a fim de propor o tratamento correto das diferentes doenças causadoras do vômito, o que é fundamental para o controle destas manifestações.

“É essencial fazer uma avaliação cuidadosa do paciente com vômito. O diagnóstico diferencial constitui grande desafio na prática diária dos médicos. Avaliações regulares nas fases iniciais do quadro com vômitos garantem que doenças graves não sejam negligenciadas e, assim, evita-se o aparecimento de complicações”, explica o gastroenterologista pediátrico Dr. Mauro Batista Morais, presidente do Departamento de Gastroenterologias da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Para esses quadros é apropriado utilizar um produto antiemético, e a primeira indicação é a ondasentrona, que melhora a eficácia da terapia de reidratação oral, podendo ser usada em todos os níveis de náuseas e vômitos. “No passado, os medicamentos da classe dos antieméticos eram questionados pelos organismos internacionais e nacionais, pois ocasionavam sonolência. Porém, novos estudos científicos realizados em outros países e metanálises atuais comprovaram a eficácia do antiemético ondansetrona, que não causa sonolência”, explica o presidente do Departamento de Gastrenterologia da Sociedade Brasileira de Pediatria.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você considera que o uso da internet em excesso esteja incentivando os jovens a cometerem suicídio?

Votar
Resultados
DENGUE
IPVA