05 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Conquistas PMCG
LUTA CONTRA DENGUE

Prefeitura faz dia D contra mosquito Aedes aegypti e Mercadão recebe abraço simbólico

Levantamento feito pela Sesau até a quinta-feira (3) revela 34 casos investigados com suspeita do zika vírus. Nenhum ainda foi confirmado.

4 dezembro 2015 - 12h02DA REDAÇÃO COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA
Agentes de saúde distribuem panfletos sobre combate ao mosquito da dengue
Agentes de saúde distribuem panfletos sobre combate ao mosquito da dengue - César Krügel/PMCG
HVM

No dia D de combate ao mosquito Aedes Aegypti, nesta sexta-feira (4) foi realizado um abraço simbólico no Mercado Municipal de Campo Grande. Também foram feitas blitze educativas e abordagem aos comerciantes e população, em que agentes de saúde entregaram panfletos de conscientização no centro da Capital. 

De acordo com a Sesau, de janeiro a 3 de dezembro foram 7.209 notificações deste total, 3.819 casos confirmados de dengue. Com relação à chikungunya, neste mesmo período ocorreram 62 notificações, com dois casos confirmados (importados). Quanto ao zika vírus, o levantamento feito pela Sesau até essa quinta-feira (3) revela 34 casos investigados com suspeita da doença, nenhum caso ainda foi confirmado. 

Durante o evento foram entregues 30 veículos para ajudar a combater o mosquito transmissor da dengue e mobilizou mais de 2,5 mil funcionários. “O nosso inimigo em comum é o mosquito que transmite dengue, chikungunya e o zika vírus. Com esses novos veículos vamos conseguir ajudar no combate a dengue. Temos que nos conscientizar para combater o foco. Senão, muitos familiares podem chorar por um ente querido . Temos que, todos juntos combatermos esse mal”, fala o prefeito Alcides Bernal(PP). 

Segundo Bernal, cada um tem de fazer a sua parte para que não aconteçam mais mortes e que a população não seja afetada por essas três doenças, que são transmitidas pelo mosquito.” Esse cuidado com a dengue deveria ter sido feito desde o começo do ano. Fato que não ocorreu, mas vamos correr atrás. Vamos trabalhar diuturnamente para que a população não sofra mais com esse mal. Os dados que temos é alarmante, mas tenho fé que com a ajuda dos agentes, população , mídia vamos conscientizar a população e eliminar essa doenças de Campo grande”, explica  

O prefeito comentou ainda que a região do Mercadão foi escolhida em razão do alto fluxo de pessoas que passa no local, mas ele afirmou que o dia D começou no centro, mas todos os bairros estão sendo atendidos. ”O Dia D foi escolhido para começar no centro porque tem um grande fluxo de pessoas e por aqui passam muitas pessoas que vêm de outras cidades . Aqui fica mais fácil de abordar a população e explicar o risco que traz esse mosquito”, argumenta. 

Hospitais de campanha 

O secretário Municipal de Saúde, Ivandro Correa Fonseca, explicou que as unidades de saúde têm capacidade para tender até quatro mil pacientes com suspeitas de dengue. Ele explica ainda que a parceria com o Exército Brasileiro irá ter três hospitais de campanha com capacidade de atender com hidratação intravenosa as pessoas com suspeitas da doença. Esses hospitais ficarão localizados nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) do Universitário, Cophavilla e Vila Almeida. 

Ele explica que as ações contra a dengue ocorreram durante 120 dias com intensificação ao combate ao vetor das doenças. Fonseca argumenta ainda que a Saúde conta com 300 leitos distribuídos nas UBS, UBSF, CRS e UPA. ”São mais de 6 mil servidores , sendo 2.5 mil agentes para o combate, prevenção e atendente do mosquito da dengue. No fumacê estão envolvidos 60 carros e 170 profissionais”. 

De acordo com o coordenador de Controle de Endemias Vetoriais da Sesau, Alcides Ferreira, o controle da dengue é uma preocupação de todos, e como todos os anos, o alvo é o combate aos locais que podem armazenar água e que são abrigo para as larvas do mosquito Aedes aegypti. 

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
agecom - fullbanner