13 de dezembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Site A Critica x Sebrae - Campanha Venda mais com Whats App
SAÚDE

Nome de sul-mato-grossense está sendo discutido para cargo nacional de saúde indígena

Informações sobre a 4a. Conferência Estadual de Saúde Indígena

8 dezembro 2018 - 10h17Da redação com informações da assessoria
O nome de Demétrius Pareja tem sido indicado por diversas regiões do Brasil
O nome de Demétrius Pareja tem sido indicado por diversas regiões do Brasil - Divulgação

Terminou nesta sexta feira, no Eco Hotel do Lago, a 4ª. Conferência Estadual de Saúde Indígena. Foram discutidos temas referentes à área por todos os povos indígenas do MS. Aspectos políticos, como a discussão do nome do gestor de Convênios Nacionais da Missão Evangélica Caiuá para o cargo de Secretário Especial de Saúde Indígena foram fortemente discutidos.

O nome de Demétrius Pareja tem sido indicado por diversas regiões do Brasil, mas como no Mato Grosso do Sul, tem sofrido obstacularização pelas correntes indígenas ligadas ao PT, e aos movimentos de esquerda, repetindo a polarização  que elegeu Jair Messias Bolsonaro.

O  lobbye minoritário da esquerda nacional tenta vetar o nome do sul mato grossense, que no entanto, possui apoios importantes em vários Estados,  como o  da Coordenação  Nacional do Fórum de Presidentes do CONDISI (Conselho Distrital de Saúde Indígena),  dos Presidentes do CONDISI de vários Distritos,do Interior Sul, do Amazonas , Roraima, do Sindicato Nacional de Trabalhadores em Saúde indígena, bem como de lideranças indígenas de diversos locais do Brasil que já conhecem o trabalho desenvolvido pela Missão Evangélica Caiuá, desenvolvido a décadas através do Convênio com o Ministério da Saúde.

TJMS – Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO
fullbanner-prestacao-contas-468x60px-cmcg-nov18