06 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
agecom
COMBATE AO AEDES

Governo adia prazo de inscrições para financiamento de pesquisa sobre o Zika

Lançado no começo de junho, o edital prevê um montante R$ 65 milhões para incentivar descobertas em nove linhas de estudos relacionadas ao vírus

25 julho 2016 - 17h45Da redação com informações da Agência Brasil
Os projetos serão financiados dentro de três faixas de valores: até R$ 500 mil, de R$ 500 mil até R$ 1,5 milhão e de R$ 1,5 milhão até R$ 2,5 milhões
Os projetos serão financiados dentro de três faixas de valores: até R$ 500 mil, de R$ 500 mil até R$ 1,5 milhão e de R$ 1,5 milhão até R$ 2,5 milhões - Divulgação
HVM

Saiba Mais

O Ministério da Saúde prorrogou as inscrições para pesquisadores concorrerem a bolsas na área de prevenção, diagnóstico e tratamento de infecções causadas pelo Zika. Lançado no começo de junho, o edital prevê um montante R$ 65 milhões para incentivar descobertas em nove linhas de estudos relacionadas ao vírus.

Inicialmente o fim do prazo para as inscrições estava previsto para hoje (25). Agora, foi estendido para o dia 10 de agosto. Com a alteração, a divulgação dos resultados será a partir do dia 4 de outubro. Já a contratação das propostas aprovadas será feita a partir de 18 do mesmo mês.

Os projetos serão financiados dentro de três faixas de valores: até R$ 500 mil, de R$ 500 mil até R$ 1,5 milhão e de R$ 1,5 milhão até R$ 2,5 milhões. O edital é uma parceria entre os ministérios da Saúde; da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; e da Educação, que destinaram, respectivamente, R$ 20 milhões; R$ 15 milhões e R$ 30 milhões.

Para participar, os pesquisadores devem encaminhar os projetos pelo site do CNPq. O formulário está disponível na Plataforma Carlos Chagas. O projeto deve estar em uma das nove linhas temáticas de pesquisas relacionadas ao vírus Zika: desenvolvimento de novas tecnologias diagnósticas; desenvolvimento e avaliação de repelentes e de imunobiológicos; inovação em gestão de serviços em saúde; imunologia e virologia; epidemiologia e vigilância em saúde; estratégias para controle de vetores; desenvolvimento de tecnologias sociais e inovação em educação ambiental e sanitária, além de fisiopatologia e clínica. Os estudos devem ser concluídos dentro do prazo de 48 meses.

Banner Whatsapp Desktop
GAL COSTA

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)
Cornavirus
agecom - fullbanner