16 de agosto de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
 BANNER TCE - Supremacia Lei Licitação PI 2209 (25 a 27/07 e 30 e 31/07)
SAÚDE

Fumacê contra o Aedes percorre 10 bairros nesta quinta-feira; Confira o itinerário

As viaturas da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV) da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande, percorrem os bairros programados entre às 16h e 22h30 e seguem o itinerário estabelecido

8 março 2018 - 16h00
A aplicação do inseticida visa atingir, principalmente, as fêmeas do mosquito causador das doenças
A aplicação do inseticida visa atingir, principalmente, as fêmeas do mosquito causador das doenças - Foto: Prefeitura Municipal de Campo Grande

O serviço de borrifação Ultra Baixo Volume (UBV) – Fumacê no combate ao mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika e chikungunya,  será realizado nesta quinta-feira (08) em dez bairros: Santo Antônio, Vila Nasser, Nova Campo Grande, Universitário, Rita Vieira, Tiradentes, Guanandi, São Conrado, Amambai e Taveirópolis.

As viaturas da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais (CCEV) da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) de Campo Grande, percorrem os bairros programados entre às 16h e 22h30 e seguem o itinerário estabelecido.

A orientação à população é para abrir portas e janelas quando o veículo passar pela rua, assim as gotículas do inseticida chegarão até o interior da residência, onde normalmente o Aedes aegypti se abriga; lavar com água e sabão os bebedouros de animais após a aplicação do inseticida; e, manter-se longe do veículo enquanto estiver realizando os trabalhos.

A aplicação do inseticida visa atingir, principalmente, as fêmeas do mosquito causador das doenças, mas é possível que outras espécies de insetos sejam atingidas e por isso a utilização deste método de aplicação deve ocorrer de forma criteriosa.

Confira o itinerário do Fumacê:

 

 

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
João Bosco e Banda
VAZIO SANITÁRIO