23 de abril de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
 BANNER TCE - Ouvidoria (16 a 20/04)
ROTINA DE BELEZA

Dermatologista explica os cuidados para cada tipo de pele

Cada pessoa tem um tipo de pele que precisa de cuidados específicos

16 abril 2018 - 11h40Da Redação
Embora pele seca seja a que mais necessita de hidratação, hidratar a derme é importante para todos os tipos
Embora pele seca seja a que mais necessita de hidratação, hidratar a derme é importante para todos os tipos - Divulgação

Cada pessoa tem um tipo de pele que precisa de cuidados específicos. São elas: normal, seca, oleosa e mista. “A pele é o órgão que mais sofre exposição ao ambiente, por isso é necessário manter uma rotina de limpeza para que sofra menos com os desgastes do Sol, da poluição, do frio, entre outros fatores”, explica a dermatologista do Grupo São Cristóvão Saúde, Dra. Anna Paula Nardi.

Para saber como se deve tratar a pele, primeiro é importante reconhecer cada tipo. Aprenda abaixo como identificar:

·  Normal: O sebo total e a umidade são equilibrados e a pele nem é muito seca nem muito oleosa. Os poros são finos, há boa circulação sanguínea, textura aveludada, suave e lisa, além de transparência e frescor uniforme, cor rosada e sem manchas.

· Seca: Incapaz de reter água no volume necessário. Há reduzida produção de lipídeos, que são necessários para reter a umidade e construir um escudo protetor contra influências externas, gerando um comprometimento da função de barreira. É classificada em níveis:

       - Pele seca: levemente seca, apresenta sensação de rigidez, aspereza e tonalidade mais opaca;

       - Pele muito seca: leve descamação ou área escamosa, aspecto áspero e manchado, sensação de rigidez e possibilidade de coceira;

      - Pele extremamente seca: aspereza, rachaduras com tendência a formar fissuras, descamação e coceira.

Oleosa: Alta produção de sebo. Os poros são visíveis e aumentados, brilho excessivo, pele grossa e pálida.

·         Mista: Apresenta a zona T (testa , queixo e nariz) com característica oleosa, poros ampliados e algumas lesões de cravos. Porém, nas bochechas, a pele é normal a seca.

Como tratar cada tipo de pele? Dra. Anna Paula aconselha a limpar o rosto pela manhã e à noite, para evitar o acúmulo de oleosidade, resíduos de maquiagem e poeira, levando à oclusão dos poros e, assim, favorecendo ao aparecimento de cravos e espinhas, além de contribuir para o envelhecimento precoce. “Cada tipo de pele tem um sabonete próprio. Para peles oleosas e mistas, o ideal é optar por sabonetes a base de adstringentes para a remoção das impurezas e desobstrução dos poros. Nas peles secas e normal, o mais indicado é o sabonete líquido com pH neutro”, esclarece.

Além da limpeza, é importante tonificar. Os tônicos são utilizados uma vez ao dia e ajudam a remover os traços de óleo, sujeira e maquiagem que o sabonete pode não ter conseguido limpar. Depois de lavar a derme, deve-se aplicar o tônico, equilibrando o ph da pele, o qual costuma ser alterado ao passar cosméticos, maquiagem e ao ser exposto a toxinas. “Quando o pH volta ao normal, mantemos a barreira cutânea íntegra, evitando infecções, inflamações e alergia”, comenta a profissional. Segundo a dermatologista, outro benefício do tônico é que ele prepara a cútis para receber outros produtos, como filtro solar e hidratante. Além disso, nele é possível acrescentar princípios ativos clareadores ou outros, de acordo com a necessidade da pele.

Para entender qual o melhor sabonete para cada tipo de pele, confira as dicas:

Pele normal: não exige nenhum cuidado específico, porém os sabonetes devem conter hidratantes como alantoína, cânfora, hamamélis e própolis;
Pele oleosa: deve-se intensificar a limpeza e suavizar a hidratação. A melhor opção neste caso são os sabonetes adstringentes que garantem a limpeza e hidratação. Os produtos a base de ácido salicílico, enxofre, sulfacetamida sódica, própolis e hamamélis ajudam a controlar a oleosidade ao mesmo tempo em que limpam e hidratam;
Pele seca: precisa suavizar a limpeza e intensificar a hidratação, portanto os produtos devem ser a base de manteiga de karité, óleo de amêndoas, extrato de semente de uva, lactato de amônia e laurisulfato.

Embora pele seca seja a que mais necessita de hidratação, hidratar a derme é importante para todos os tipos. “A hidratação auxilia na manutenção do viço e da beleza, além de manter a integridade da camada de proteção cutânea e evitar problemas como descamação, ressecamento, envelhecimento precoce, irritação e infecções. As peles oleosas também precisam de hidratação, mas devem usar produtos oil free, a base de água e que não aumentam a oleosidade”, esclarece a Dra. Anna Paula. Para ajudar a manter a pele sempre hidratada, é preciso evitar exposição excessiva ao Sol, manter uma dieta rica em frutas e verduras, evitar o uso excessivo de sabonetes, buchas e banhos muito quentes e demorados, além de evitar muitas esfoliações na pele.

Outro produto essencial para os cuidados da cútis é o protetor solar. “A exposição à radiação Ultravioleta (UV) tem efeito cumulativo, já que os raios solares penetram profundamente na pele, podendo provar o surgimento de pintas, sardas, manchas, rugas e muito mais. A exposição solar em excesso também pode causar tumores benignos ou malignos e o melanoma”, alerta a dermatologista.

Contudo, não adianta nada todos esses cuidados com a pele se, ao fim do dia, a maquiagem não for retirada corretamente. Saiba qual é o passo-a-passo para a remoção da maquiagem:

1º: lenço umedecido para retirar o excesso da maquiagem;

2º: demaquilante em creme, líquido do ou lenços, de acordo com o tipo de pele;

3º: para os olhos, use um produto bifásico próprio para essa região;

4º: a máscara de cílios é um dos produtos de maquiagem mais difíceis de retirar, portanto é necessário um algodão levemente umedecido. Com ele, faça movimentos de cima para baixo e, depois, use um demaquilante para uma limpeza mais eficaz. Se o produto for à prova d’água, escolha um à base de óleo;

5º: Lave o rosto com água fria para fechar os poros e ativar a circulação;

6º: Passe um tônico ou adstringente ideal para o tipo de pele;

7º: Por último, utiliza um creme para a área dos olhos (redutores de olheiras ou antirrugas) e um hidratante para a pele.