13 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNER TCE - Prazos Processuais (10/08 a 13/08)
AO VIVO Acompanhe a transmissão do jornal GIRO ESTADUAL DE NOTÍCIAS
Transmitido simultaneamente para as emissoras do Grupo Feitosa de Comunicação
ELEIÇÃO NO LEGISLATIVO

Vereadores elegem João Rocha para presidente da Câmara Municipal de Campo Grande

O parlamentar do PSDB ficará no cargo até dia 31 de dezembro de 2016. João Rocha obteve 27 votas a favor, um contrário e uma ausência

27 novembro 2015 - 11h55Alberto Gonçalves
João Rocha é o novo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande
João Rocha é o novo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande - Divulgação
FAMASUL - SENAR

O vereador João Rocha, do PSDB, foi eleito nesta sexta-feira (27) como novo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande. O ex-presidente Mário César (PMDB) foi reconduzido ao mandato de vereador, após ter sido afastado, e renunciou ao cargo de presidente da Casa de Leis. Assim foi convocada sessão extraordinária, pelo então presidente interino, Flávio César (PT do B) para escolha do novo Chefe do Legislativo Municipal. 
 
O novo presidente do Legislativo Municipal foi definido com maioria absoluta de votos, obtendo 27 votos favoráveis, um voto contrário, vereador Cazuza (PP), que justificou dizendo que seguia orientação do partido e justificou: “não é nada pessoal, é um voto partidário”. Houve uma ausência justificada, do vereador Edson Shimabukuro (PTB). João Rocha permanecerá no cargo até o final da legislatura de 2016, em 31 de dezembro do mesmo ano. 

Em seu discurso de posse vereador João Rocha, que já foi 1º Secretário da Casa, disse que citaria três palavras, cinco poderes e dois desafios. 
As três palavras que se referiu foram em nome de Deus, da Liberdade e da Democracia, que "resumem o sentido da vida" e com elas assumo cargo de presidente e deverei estar abrindo a próxima sessão na terça-feira (1º). 

O novo presidente da Câmara fez questão de agradecer ao vereador Mário César e também prestar homenagem ao parlamentar, onde disse demonstrar respeito pelo ex-presidente da Casa e pediu para que o mesmo repense a decisão de não disputar a eleição o ano que vem. 
Rocha também enalteceu o vereador Flávio César, que ficou interinamente na presidência durante o período de afastamento de Mário César, dizendo que o parlamentar soube conduzir os trabalhos nesses 90 dias.  

João Rocha finalizou essa parte do discurso pedindo a contribuição de todos para fazer o melhor trabalho e errar o menos possível. 
 
Em relação aos cinco poderes, Rocha que o primeiro deles é de Deus. Depois o poder do Povo, que "é por meio dele que pela liberdade de escolha estamos aqui com nossa responsabilidade . E devemos respeitar um ao outro em seus poderes, Executivo, Legislativo e Judiciário. Assim, respeitando os três Poderes independentes e harmônicos, poderemos para atender as necessidades e reivindicações da população que somos representantes". 
  
Em relação dos dois desafios foi mais sucinto dizendo que vai cumprir a Lei Orgânica do Município e o Regimento da Câmara Municipal.  

O parlamentar eleito para presidir a Casa de Leis encerrou o discurso dizendo que quer dividir a responsabilidade com a imprensa para levar os fatos de forma isenta e correta, para que a população faça o julgamento certo e, nas próximas eleições, possa decidir o que deve ser feito. "Mas hoje vamos cuidar de nossa cidade e poder bater palmas para o Executivo, que sabe o que tem de ser feito para a sociedade". disse.

 Rocha fez questão ainda de dizer que entendeu a posição do vereador Cazuza que votou contrário ao seu nome, por seguir decisão do partido. 

Em seguida o novo presidente da Câmara Municipal de Campo Grande encerrou a sessão extraordinária. 

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner