12 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
maracaju dengue
RELAXAMENTO DA PRISÃO

Senador Delcídio e ex-banqueiro Esteves têm chances de deixar a prisão

Nesta quinta-feira (17), o Supremo Tribunal Federal deve julgar, em sessão extraordinária, um pedido para que o senador e o ex-banqueiro deixem a prisão

17 dezembro 2015 - 11h25Alberto Gonçalves
Senador Delcídio do Amaral do PT/MS
Senador Delcídio do Amaral do PT/MS - Divulgação
FAMASUL - SENAR

O senador Delcídio do Amaral e o ex-banqueiro André Esteves podem estar prestes a deixar a prisão, segundo informou a coluna de Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo. A expectativa é que nesta quinta-feira (17), o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue em sessão extraordinária, um pedido para que o senador e o ex-banqueiro deixem a prisão. 

Ainda segundo a publicação da colunista, a análise do caso será feita pelos ministros da 2ª Turma do STF, e a conversa é que as prisões já não fazem tanto sentido, pois as provas e depoimentos já foram colhidos e as denúncias contra eles já foram apresentadas.  

Esse mesmo grupo decidiu na terça-feira (15), que o doleiro Adir Assad, condenado da Lava Jato, pudesse cumprir a pena em prisão domiciliar. Celso de Melo, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Teori Zavascki votaram a favor e apenas a ministra Cármen Lúcia votou contra. 

Apesar desta decisão tomada na terça-feira deixar os advogados mais tranquilos, ainda é uma incógnita se os ministros irão julgar Delcídio e Esteves da mesma maneira.  "Estamos com o coração na mão, mas achamos que temos chance", disse Antonio Carlos de Almeida Castro, que representa André Esteve à coluna de Mônica Bergamo. O advogado que representa o senador Delcídio do Amaral neste caso é Maurício Silva Leite.   

Banner Whatsapp Desktop
Cornavirus
agecom - fullbanner