22 de novembro de 2019 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
ead tce
CONVITE LIVRE

PSL divulga nota afirmando que deputado federal e estadual foram convidados para evento

Dr. Ovando tenta pacificar sigla, Coronel David anuncia que laranjal "manchou" e que busca outro partido "com Bolsonaro"

2 julho 2019 - 18h11
Presidente do PSL/MS, senadora Soraya Thronicke
Presidente do PSL/MS, senadora Soraya Thronicke - Agência Senado

O PSL/MS, partido do presidente Jair Bolsonaro, divulgou nota na tarde desta terça-feira para afirmar que convidou toda sua bancada federal e estadual para o evento de filiação que será realizado no sábado

Mais cedo, o jornal Correio do Estado divulgou a notícia "PSL despreza deputados e faz da filiação uma convenção municipal", onde ouviu o deputado estadual Coronel David e o federal Dr. Luiz Ovando a respeito do evento e estes teriam dito não saber que se tratava de uma convenção para definir o diretório municipal da sigla. Ovando disse que recebeu ligação do deputado estadual Capitão Contar o convidando para um evento, mas sem explicar que se tratava de posse do diretório municipal. Já David, na matéria do Correio, diz "ter vergonha na cara" e que também não sabia se tratar de posse do novo diretório.

Na nota do PSL, o partido afrima que o "ato de filiação está nas nossas redes sociais e houve convite a todos os parlamentares". A presidente do diretório estadual, senadora Soraya Thronicke, afirma que "não sei da onde surgiu esta informação que parece ter a intenção de denegrir o nosso evento". 

Ovando: Pacificando o partido

Em nota, o deputado Capitão Contar cita “Nossa intenção com o evento é procurar pessoas de bem que possam contribuir na construção do partido, e que tenham os mesmos conceitos e objetivos do nosso presidente Jair Bolsonaro. Não estamos procurando políticos de carreira e nem com ‘conchavos’. O que queremos com este evento é encontrar pessoas dispostas a trabalhar para o anseio comum, com ética, comprometimento e disposto a fazer um trabalho, seja apoiando o partido ou mesmo se candidatando, mas que tenha a real intenção de fazer algo para a população, para o bem comum".

A respeito das ligações, Contar diz que fez o convite.“Liguei para o deputado estadual Coronel David e para o deputado federal Doutor Luiz Ovando para participarem da Municipal comigo, assim como os convidei para participar do ato de filiação e até mesmo pedi a imagem deles para colocar na publicidade do evento, porém eles responderam para todos os questionamentos, ‘NÃO’”.

Contar e David: Os estaduais do partido

O PSL ainda cita que os dois parlamentares, Luiz Ovando e David, teriam desmentindo a matéria do Correio do Estado, dizendo "que foram sim convidados" para a filiação do sábado. Ainda avisa que as declarações de David sobre Soraya Thronicke serão analisadas "em um trâmite interno". David declarou que se Jair Bolsonaro sair do PSL, sairá junto e que o episódio dos "laranjas do PSL" manchou o partido.


Segundo a nota, Capitão Contar foi indicado pelo diretório estadual para assumir a presidência do PSL Municipal de Campo Grande, "fato que foi realizado no dia 20 de junho deste ano, conforme publicação do documento que consta no TSE (Tribunal Superior Eleitoral)".


 

TJ MS Novembro