26 de abril de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
SEGOV BANNER  OBRAS
ISENÇÃO NAS VAGAS DO PARQUÍMETRO

Projeto de isenção nas vagas do parquímetro para idosos e pessoas com deficiência é aprovado

Com isso, o projeto aguarda segunda discussão e votação na Casa. Se aprovado novamente pelos vereadores, a proposta seguirá para avaliação do prefeito

17 abril 2018 - 16h26da Redação com Assessoria
Conforme o texto, terão isenção ao estacionar em qualquer vaga com parquímetro apenas aqueles que portarem o Cartão de Estacionamento de Vaga Especial
Conforme o texto, terão isenção ao estacionar em qualquer vaga com parquímetro apenas aqueles que portarem o Cartão de Estacionamento de Vaga Especial - Reprodução

Foi aprovado por unanimidade, na Câmara Municipal, o projeto que prevê isenção para idosos e pessoas com deficiência nas vagas de estacionamento convencionais, em Campo Grande. A proposta votada na sessão desta terça-feira, dia 17, é dos vereadores André Salineiro, Valdir Gomes, Wilson Sami e Pastor Jeremias Flores. Atualmente, existe isenção para idosos e deficientes apenas nas vagas exclusivas.

Com isso, o projeto aguarda segunda discussão e votação na Casa. Se aprovado novamente pelos vereadores, a proposta seguirá para avaliação do prefeito. Conforme o texto, terão isenção ao estacionar em qualquer vaga com parquímetro apenas aqueles que portarem o Cartão de Estacionamento de Vaga Especial, que deve ser colocado sobre o painel do veículo ou em local visível para a fiscalização. O usuário da vaga deve apresentar o cartão e documento de identidade ao guardador, autoridade de trânsito ou agente, sempre que solicitado.

O vereador André Salineiro agradeceu a aprovação unânime e lembrou que o projeto é importante porque confere inclusão social. “Fico feliz que os vereadores estejam apoiando essa proposta. No Brasil, os idosos e pessoas com deficiência, além de enfrentar as dificuldades trazidas por sua condição, são obrigados, muitas vezes, a conviver com o descaso por parte do Poder Público em inúmeras situações. Portanto, são merecedores de ações que visem melhorar a sua qualidade de vida”, comentou Salineiro.