21 de junho de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
BANNERS - LEILÃO NELORE JMP
AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Pontes intransitáveis em Coxim prejudicam produtores e preocupam deputados

14 março 2018 - 11h26Fernanda Kintschner
Devido às fortes chuvas e a falta de manutenção, diversas pontes feitas de madeira estão intransitáveis no município de Coxim. A informação é do deputado Cabo Almi (PT), que usou a tribuna durante sessão ordinária desta quarta-feira (14/3) para pedir urgência nas ações do Governo do Estado para recuperação ou troca das pontes por novas de concreto, para que produtores rurais e a população não sejam mais prejudicados. Cabo Almi apresentou um vídeo enviado a ele por moradora da região, que mostra a situação da ponte que liga Coxim a Alcinópolis, na área chamada de Curva da Rosa, em que um caminhão boiadeiro está sendo rebocado por tratores por dentro do rio. “A ponte não está em condições para que a carreta passe e os produtores estão rebocando a produção pelas águas do rio. Nos dias de hoje isso é um absurdo. Onde está o dinheiro previsto pelo Fundersul para troca de pontes para as de concreto?”, questionou o deputado. O deputado apresentou requerimento pedindo informações sobre quando serão licitadas as novas pontes para Coxim, quanto tempo as obras irão demorar e lamentou que o serviço público seja tão demorado. Para tanto, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (PMDB), explicou em aparte que já se informou com o Governo do Estado sobre o que está sendo feito. “Ao todo nove pontes caíram em Coxim. Essa do vídeo passa por cima do Rio Figueira e a licitação abrirá dia 23 de março, no valor de R$ 1 milhão. Nela já foi registrado até um acidente com morte, então será feita uma parceria do Governo do Estado com o município, apesar da responsabilidade desta específica ser municipal, para que haja a recuperação em breve. Já está pronto o projeto executivo e também o governador [Reinaldo Azambuja – PSDB] me confirmou que outros R$ 250 mil serão investidos em regime de emergência para a recuperação de pontes no município”, disse Mochi, que já foi prefeito de Coxim por dois mandatos consecutivos. O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Professor Rinaldo (PSDB), completou a informação. “Nesses três anos da administração atual foram trocadas mais de 120 pontes pelas de concreto, número maior do que o total de pontes feitas durante os 40 anos de criação do Estado, gerando emprego e renda à população e auxiliando no escoamento da produção agropecuária”, destacou. Para o deputado Enelvo Felini (PSDB) as obras demoram, mas estão sendo entregues. “Existe boa vontade do governador. Com parcerias ele já deve entregar as obras em Sidrolândia, por exemplo, na região de Capão Seco e assim beneficiar a população”. Dr. Paulo Siufi (PMDB) exigiu mais rapidez. “Não só a troca de pontes, mas também é preciso fazer as devidas manutenções e dar o aporte financeiro para que se faça e a população não sofra”, finalizou.
ALMS CORTESIA
TJ MS