23 de outubro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
FULLBANNER-DOE-ORGAOS 1260X120  campanha “DOAÇÃO DE ÓRGÃOS
AGÊNCIA DE NOTÍCIAS

Mara Caseiro comemora urgência na tramitação de proposta sobre venda direta do etanol

14 junho 2018 - 11h47Evellyn Abelha
Decreto Legislativo, do Senado, quer autorizar produtores de etanol a vender o produto diretamente aos postos de combustíveis
Decreto Legislativo, do Senado, quer autorizar produtores de etanol a vender o produto diretamente aos postos de combustíveis

A decisão do Senado Federal de realizar sob regime de urgência a tramitação do Projeto de Decreto Legislativo 61/2018 - que autoriza produtores de etanol a vender o produto diretamente aos postos de combustíveis - recebeu o apoio da deputada Mara Caseiro (PSDB). A parlamentar ressaltou, durante a sessão plenária desta quinta-feira (14), os benefícios que a medida pode trazer.

“Essa é a oportunidade de acabar com o monopólio da Petrobrás com relação à comercialização do etanol. É uma ótima notícia, pois, enfim, começa-se a discutir, debater, o assunto”, afirmou a deputada. Segundo Mara Caseiro, diversos setores ligados à indústria do combustível estão mobilizados para que a proposta se torne realidade. “Se já temos o projeto no Senado Federal, é possível que a gente possa acabar com essa exploração”, disse.

Durante sua fala, a parlamentar fez a leitura de uma nota expedida por entidades e sindicatos relacionados à produção e comercialização do etanol. Entre as vantagens da venda direta do produto aos postos de combustíveis, elencadas pelas instituições envolvidas, está o menor impacto ambiental. De acordo com o documento, a comercialização direta gera mais créditos ambientais para o produtor, pois o etanol de cana limpo ao sair da usina direto para os postos percorre menor quilometragem, diminuindo as emissões de diesel fóssil para as bases de distribuidoras e retornos.

Além disso, a nota também defende que os reflexos da proposta poderão ser percebidos pelo consumidor, já que o posto que comprar direto do produtor irá produzir efeitos mais rápidos e efetivos ao cliente nas bombas. “Estamos trabalhando para que possamos ter resultados otimistas com a aprovação do Decreto Legislativo. Nós vamos fazer reuniões com vários setores para endossar essa questão”, finalizou.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você é a favor de punição para quem compartilha fake news?

Votar
Resultados
FullBanner - Campanha do TJMS – SEMANA NACIONAL DA RECONCILIAÇÃO