15 de novembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
FULLBANNER-DOE-ORGAOS 1260X120  campanha “DOAÇÃO DE ÓRGÃOS
POLÍTICA

Mantida criação de cargo e reajustes a servidores públicos

Em defesa dos direitos dos trabalhadores, Dagoberto Nogueira não mediu esforços para que o ponto que proíbia a criação fosse derrubado

13 julho 2018 - 14h39Da redação com assessoria
O texto segue para sanção presidencial
O texto segue para sanção presidencial - Foto: Divulgação

O Plenário do Congresso Nacional aprovou na quarta-feira, 11, o relatório ao projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019. Depois de intensos debates, foi retirado do texto o ponto que proibia a criação de cargos e concessão de reajustes a servidores públicos.

Em defesa dos direitos dos trabalhadores, Dagoberto Nogueira não mediu esforços para que o dispositivo fosse derrubado. “O texto representa uma vitória para os servidores públicos de todo o país, e também para os que desejam prestar concurso público para órgãos federais, pois garante a possibilidade de novas contratações. Nós do PDT estaremos sempre a favor dos trabalhadores”, comemorou o deputado.

O texto segue para sanção presidencial. Na prática, a concessão de reajustes ou criação de novos cargos, dependerá da aprovação do novo governo e deverá respeitar o teto de gastos por órgão público.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você está animado com a transição para um Governo Bolsonaro?

Votar
Resultados