18 de setembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM - INCORPORACOES
POLÍTICA

Lindbergh reforça comentário de Gleisi sobre Marcinho VP; adversários ironizam

12 julho 2018 - 11h34

Após a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmar que "até Marcinho VP, traficante, deu entrevistas" ao defender que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva possa conceder entrevistas na prisão, o líder do PT no Senado, Lindbergh Farias (RJ), reforçou o comentário da dirigente petista.

Nas redes sociais, adversários estão reagindo à declaração com ironia. Após a repercussão, Gleisi fez uma nova publicação comparando, desta vez, Lula com o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela.

No Twitter, Lindbergh Farias escreveu que Lula, como "preso político", poderia dar entrevistas, como fizeram "condenados por tráfico e assassinato". "Quem não lembra das entrevistas de Suzane von Richtofen, Marcola, Nem, Marcinho VP? Mas Lula, preso injustamente após um processo pífio, cheio de irregularidades, sem uma única prova que justificasse sua condenação, não pode falar. O nome disso é arbítrio, é golpe!", escreveu o parlamentar, ao compartilhar entrevistas dadas por Suzane von Richtofen e Marcinho VP a veículos de comunicação.

O assunto "Marcinho VP", com a repercussão dos comentários de Gleisi, está entre os assuntos mais comentados por internautas brasileiros no Twitter nesta quinta-feira, 12. A reação é impulsionada por perfis críticos ao PT.

"Para defender Lula, Gleisi comparou-o a um traficante. Show de bola, Gleisi, baita comparação", publicou o Movimento Brasil Livre (MBL) na rede social.

"Certinho Gleisi, essa é a comparação correta: Lula com Marcinho VP. Dois bandidos notórios, chefes de quadrilha perigosos. Caiu a ficha do PT", afirmou o ex-deputado do PSDB Xico Graziano.

No fim da manhã, a presidente do PT fez uma publicação no microblog comparando, desta vez, Lula com o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela. "Lula e Mandela, vidas dedicadas a democracia, a libertação dos povos, a igualdade de direitos", escreveu.

No próximo dia 18, o PT usará a data em que se comemora o centenário de nascimento do líder sul-africano para fazer uma manifestação em Curitiba em defesa da liberdade de Lula.

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você já tem seus candidatos para as eleições de 2018?

Votar
Resultados
SOLURB
CORTESIA SEGOV HEPATICE C