04 de agosto de 2020 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
Conquistas PMCG
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Deputados querem reformulação do projeto de obras a serem realizadas no km 341

Os parlamentares pedem mudança em obras para preservar restaurante Água Rica

9 dezembro 2015 - 14h35Da redação
Divulgação
HVM

Deputados estaduais pediram, durante a sessão plenária desta quarta-feira (9), que a CCR MSVia, concessionária que administra a BR-163 em Mato Grosso do Sul, reformule o projeto de obras a serem realizadas no km 341, no município de Nova Alvorada do Sul. Bem próximo do córrego Anhanduí, em uma área de 33 hectares, está localizado o Restaurante Água Rica, considerado genuíno patrimônio da cultura e da tradição sul-mato-grossenses.

“Quem nunca parou para saborear o pão de queijo, a chipa quentinha e muitas outras delícias naquele ambiente tão acolhedor?”, questionou o deputado José Carlos Barbosinha (PSB). “A CCR MSVia vem fazendo alterações, que julga necessárias, sem consultar ninguém, e isso pode acabar com a fonte Água Rica e comprometer todo o trabalho da família que cuida do restaurante”, complementou.

Segundo o deputado, a empresa quer duplicar a estrada do lado direito da pista atual, o que poderá extinguir a fonte de água. Também estão previstos cortes de árvores que estão em frente ao estabelecimento. Barbosinha informou que apresentará uma moção solicitando à empresa alterações no projeto e a preservação da fonte de água.

“Também registro minha insatisfação com essa obra, afinal estamos falando de um patrimônio histórico, muito bem administrado por uma família caprichosa e hospitaleira, que recebe todos muito bem”, afirmou o deputado Paulo Corrêa (PR). Os deputados Amarildo Cruz (PT), Mara Caseiro (PTdoB) e Antonieta Amorim (PMDB) também defenderam a preservação da área. O deputado Beto Pereira (PDT) sugeriu que a empresa, além de rever as obras previstas, construa uma rotatória. “Trata-se de um ponto tradicional, do sabor de fazenda, e nada mais justo do que garantir e facilitar o acesso das pessoas ao restaurante”, disse.

O Água Rica é administrado por Maria Inez, filha de Franklin Dias de Castro e Adaila, que saíram de Capão Seco (Sidrolândia) em 1956 e se instalaram perto do córrego Anhanduí. No local, foi construída a casa da família. Como muitos viajantes acabavam parando no local, a família resolveu abrir um restaurante, que ficou famoso pelo pão de queijo, doces e outros quitutes tipicamente caseiros. As varandas, com cadeiras bem dispostas, convidam ao permanecer, à prosa boa e à contemplação da natureza, o que garante charme extra ao lugar.

 

Banner Whatsapp Desktop
FORT ATACADISTA - Auxilio Emergencial  (interno)

Últimas Notícias

ver todas as notícias

Enquete

Você vai fazer compras de Dia dos Pais neste ano?

Votar
Resultados
GAL COSTA
Cornavirus
agecom - fullbanner