24 de setembro de 2018 Grupo Feitosa de Comunicação
(67) 99974-5440
(67) 3317-7890
HVM - INCORPORACOES
HOMENAGEM

Com troféu Celina Jallad, ALMS ressalta legado e protagonismo das mulheres

As mulheres são maioria da população, da força de trabalho, na agricultura familiar e no eleitorado

14 março 2018 - 22h28Fabiana Silvestre

O protagonismo das mulheres, que são multitarefas e ampliam cada vez mais a participação em áreas estratégicas, foi lembrado e reconhecido com homenagens na noite desta quarta-feira (14/3). Por proposição das deputadas Mara Caseiro (PSDB), 3ª vice-presidente da Assembleia Legislativa, Grazielle Machado (PR), 2ª vice-presidente e Antonieta Amorim (PMDB), foi realizada a Sessão Solene em Comemoração do Dia Internacional da Mulher. Ao todo, 24 mulheres, representando as sul-mato-grossenses, receberam o Troféu Celina Jallad, instituído pela Resolução 03/2011, no plenário Deputado Júlio Maia, em homenagem à deputada estadual e primeira mulher a fazer parte do grupo de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MS), falecida em 28 de fevereiro de 2011.  “Nossa querida Celina emprestou o nome ao troféu que homenageia mulheres que fazem a diferença. Nossa luta é diária, no lar, quando ensinamos nossos meninos e meninas a respeitar as diferenças. É no trabalho, quando tratamos igualmente homens e mulheres. É na política, quando legislamos e implantamos leis e programas que garantam segurança, justiça e igualdade para as mulheres”, afirmou Mara. Ela ressaltou o legado de mulheres com histórica e reconhecida atuação e a responsabilidade das que hoje representam Mato Grosso do Sul na política e na gestão de órgãos públicos. São três deputadas estaduais, uma senadora, a vice-governadora, oito prefeitas, 16 vice-prefeitas e 113 vereadoras no Estado. Mara defendeu a ampliação da participação feminina no Parlamento Estadual. “A Assembleia Legislativa segue a estrutura patriarcal e, em 39 anos de existência, empossou apenas nove mulheres deputadas estaduais. Precisamos pensar soluções para ampliar a nossa participação”, reiterou. Para a deputada Grazielle, é preciso lugar por direitos e pelo fim da violência. “Temos que continuar lutando pelo fim das desigualdades sociais e pela valorização da mulher que tanto realiza todos os dias nos lares do nosso Estado”, afirmou. “As mulheres merecem o nosso profundo respeito e valorização pelo muito que contribuem, todos os dias, com as nossas famílias e com Mato Grosso do Sul”, disse o presidente da Casa de Leis, Junior Mochi (PMDB). Representando as homenageadas da noite, a professora Geise Cristina Grilo, mestre em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), ressaltou a perseverança das mulheres no dia a dia. “A mulher é incansável defensora do que é justo e correto e tem o coração maior do que ela mesma. Tem a força de um gigante e a doçura de uma criança. É uma alegria representar todas que recebem hoje o troféu Celina Jallad”, afirmou. “Somos todos iguais, homens e mulheres, e devemos trabalhar conjuntamente por um mundo melhor”, enfatizou a procuradora de Justiça do Ministério Público Estadual (MPE), Jaceguara Dantas da Silva Passos. Já a subsecretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Luciana Azambuja Roca, também defendeu o protagonismo das mulheres na política. “Este é um ano eleitoral e não somos minoria, mas sub-representadas. Somos a maioria da população, da força de trabalho, na agricultura familiar e no eleitorado. Nós, mulheres, podemos definir os rumos do nosso Estado e do país”, analisou.   Homenageadas Também receberam o Troféu Celina Jallad, por proposição dos deputados estaduais: Patrícia Neli Margatto, Marcela Ribeiro Lopes, Regina Célia Santos Pereira, Maria Lúcia Barbosa Ribeiro, Juliane Chaia, Lazara Lessonier, Eclair Nantes, Selma da Conceição Prado, Marcia Pereira de Lima, Thays de Castro Trindade Violin, Leda Santiago Ramos e Wilsi de Fátima Pereira Gaeta. Foram, ainda, agraciadas: Adriana Maura Maset Tobal, Jani Maria José Guedes, Kátia Maria Cardoso, Magali Rodrigues Zayed, Leni Fernandes, Maristela Vargas Peixoto, Elizabeth Rocha Salomão, além das servidoras da Assembleia Legislativa Marlene Figueira da Silva, secretária de Recursos Humanos, e Severina da Silva, gerente de Cerimonial da Casa de Leis.

SOLURB
CORTESIA SEGOV HEPATICE C